A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

08/10/2012 14:27

Após atropelar pedestre, homem é agredido na Afonso Pena

Viviane Oliveira
As vítimas sendo socorridas pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Viviane Oliveira)As vítimas sendo socorridas pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Viviane Oliveira)

Uma jovem de 27 anos foi atropelada quando atravessava a faixa de pedestre na tarde desta segunda-feira (8) na avenida Afonso Pena com a rua Arthur Jorge, em Campo Grande. O condutor do veículo, Sebastião Silva de Araújo, 52 anos, foi agredido a socos e pontapés pelo marido da vítima.

Veja Mais
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

Fabiana dos Santos de Souza atravessava a Afonso Pena no sentido Prefeitura quando foi atropelada pelo Cruze, de cor branca, conduzido por Sebastião. No carro além dele, estava a esposa, Adriana Bento de Araújo, 57 anos, a filha dele, Sabrina Bento de Araújo, 27 anos, e a filha dela de 2 meses.

Segundo testemunhas, Fabiana terminava de atravessar a faixa quando foi atingida. Após o acidente, o esposo da vítima agrediu Sebastião com socos e pontapés.

Na confusão ele ficou ferido e foi levado pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa. Fabiana também foi encaminhada com ferimentos leves para a mesma unidade de saúde.

“Juntou um monte de gente para bater no meu pai”, disse Sabrina, acrescentando que foi defender o pai e acabou agredida.

O trânsito no local, sentido Centro/shopping ficou lento. Agentes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) estavam no local orientando os motoristas. 

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



quen dera se O povo fosse tão cidadão e democratico chega! faixa de pedestre é um ponto para pedestre a preferencia do motorista é aguarda ao trapassar da faixa .
 
Bryan Oliveira em 16/02/2013 22:06:11
Acho oportuno dizer que, se os candidatos a prefeito lessem os comentários dos leitores publicados na imprensa, cuja maioria versa sobre os problemas da nossa cidade,certamente fariam o melhor programa de gestão até agora apresentado.
 
sebastiao dos reis em 09/10/2012 14:46:04
Moro em Santos e aqui existe a faixa viva. O pedestre foi instruido a estender o braço, indicando que deseja atravessar a rua. Uma vez parado o carro, atravessa com segurança. Os acidentes diminuiram muito. Vai ver está faltando informação, para pedestres e motoristas. Agora, agredir o motorista, sem comentários!!!!!!!
 
Maria Perez em 09/10/2012 12:00:19
A propaganda sobre o assunto é bem clara. O pedestre deve (sinalizar/ com o braço) a sua intenção de atravessar e se certificar de que os veículos pararam. E não custa nada, atravessar olhando para ver se não vêm nenhum descuidado. Não estou tirando a culpa do motorista com essa declaração, só que, agressão também é crime. Aquela faixa na (frente) da prefeitura é simplesmente ridícula, ela praticamente obriga os motorista a fecharem o cruzamento, além do mais, uma quadra à frente tem outra com sinaleiro. Com relação aos cruzamentos aonde logo em seguida tem outra faixa de pedestre, basta dar mais algum tempo para abrir o outro sinal, o que inclusive evitaria outros acidentes.
 
jose marcos franco em 09/10/2012 11:56:32
Pura e comprovada falta de cultura e educação de ambas as partes!!! É melhor já colocar um policial de plantão neste cruzamento pois ainda vão ocorrer muitos casos iguais à este!!!
 
João M Souza em 09/10/2012 11:45:01
É um absurdo que uma cidade do tamanho de Campo Grande não tenha passarelas elevadas em locais de circulação intensa de carros como na avenida afonso pena, mais precisamente em frente a prefeitura (estilo a do Horto Florestal se não me engano). Querem resolver o problema do tráfego e colocam várias faixas de pedestres no meio da avenida... Ou seja, é uma contradição sem igual. A falta de planejamento neste sentido é brincadeira... Lamentável este episódio.
 
Fábio Fedrizzi em 09/10/2012 11:20:20
Esse Ponto da Av Afonso pena é um dos pontos de maiores movimentos . eu acredito que uma passarela seria ideal para um local onde não tem Sinal como esse.
 
Everton Loubet em 09/10/2012 11:10:06
É NECESSÁRIO MELHORAR A SINALIZAÇÃO.
 
Leize Demétrio da Silva em 09/10/2012 10:37:27
Essa faixa de pedestres está errada. É um erro grotesco dar preferência ao pedestre em uma faixa onde há sinal de trânsito para controlar o fluxo. A própria Prefeitura e Agetran disseram que o semáforo indica a preferência, depois o pedestre, e neste cruzamento há semáforo. O sinal abre e logo temos que parar para dar passagem ao pedestre. Fazendo isso travamos o cruzamento com a Arthur Jorge e o trânsito vira um caos. Esta faixa tinha que ser no meio da quadra, como acontece em frente ao Belmar, mas infelizmente o canteiro central da Afonso Pena impede o trânsito de pedestres. Outra faixa que logo logo estará matando gente está localizada em frente ao Atacadão da Duque de Caxias. Vamos acordar, autoridades.
 
Diego Franco em 09/10/2012 10:21:10
Os ricos que teoricamente possuem educação, são os que não respeitam as sinalizações de transito, cansei de ver os carrões passando na faixa enquanto o pedestre atravessava.
 
Antonio gurgel em 09/10/2012 10:18:26
numa subida ta la uma faixa, , 20 metro da esquina outra faixa, o sinal abre vira a rua ta la outra faixa.
antes era caixa de primeros socorro, oculos que parecia de mergulho, qual sera a proxima
tudo que vai fazer tem que avaliar, fazer um estudo.
 
JOSEMAR ALVES VIEIRA em 09/10/2012 10:07:58
Gente a falta de atenção é das duas partes, alguns pedestres realmente não prestam atenção, em contra partida a grande maioria dos motoristas não respeitam os pedestres.
Até onde entendi a moça estava quase no final da faixa, não que isso seja motivo para agredir o condutor do veiculo, porem nesse caso a falta de atenção maior foi do motorista
que estava inclusive com um bebe dentro do veiculo, e por falta de atenção poderia ter causado um acidente com maiores consequencias!!
 
cristiane belizario dos santos em 09/10/2012 09:56:27
Faixa de pedestre também virou pegadinha de estudante, esses dias em frente ao Belmar Fidalgo, estudante do colégio estadual, fizeram duas barreiras, cada grupos de um lado da rua, e eles ficavam sinalizando para os carros pararem, cada travessia completada o outro grupo inicia a travessia e ficaram trocando assim por 3 vezes, até um dos motoristas, perder totalmente a compostura e descer do carro dele e ir tirar satisfação com os adolescentes, que sairam pelo transito correndo e rindo muito da gente ... todos parados esperando o minuto CQC deles.E se o Senhor que desceu batesse em um desses muleques ?
 
Jani Vieira em 09/10/2012 09:42:19
Infelizmente Campo Grande não está preparado para esse tipo de sinalização. Falta educação no trânsito e isso não se deve aos governantes, pois educação vem de berço. Canso de andar na rua e perceber carros andando a 20 por hora na esquerda e sinalizarem apenas na hora que estão entrando em uma via. E ainda reclamam, quando não xingam
Deveria haver maior rigidez nas provas do Detran pois não basta saber dirigir. Tem que se adequar às normas.
Uma dessas normas seria aprender a sinalizar quando for atravessar uma via, pois os motoristas não conseguem perceber o que cada pedestre pensa fazer. Quando se está no trânsito, o motorista tem que estar atento para perceber alem de seu carro, os que estão em volta. Atenção é o primordial e, também, muita paciência.
 
Lara Cardoso em 09/10/2012 09:12:26
Convenhamos que ha pouca sinalização em relação a faixa de pedestre, quando visualizado ja esta acima. Ambos pedestres quanto motoristas abusam um pouco da situação e ainda não se adequaram ao habito de respeitar um o direito do outro. Mas é desnecessario a violência, imagine se este cidadão que bem sabemos ter atropelado a jovem viesse a ter consequencias maiores?? Não se resolve as coisas desta maneira. Senhor dê sabedoria e o discernimento ao Ser Humano do certo e errado, que possa ter mais consciência, respeito...uns aos outros, pois não somos animais.
 
Regiane de Lima em 09/10/2012 09:07:10
Acredito que pode ter havido falhas dos dois, condutor e pedestre, pois é necessário para atravessar a faixa que o pedestre sinalize a sua intenção, o que tem acontecido é que o pedestre pisa na faixa e acredita que esta dentro de uma redoma de ferro, o motorista tem que perceber que houve uma sinalização e parar.. AGORA O MACHÃO QUE ACREDIU UM IDOSO DE 57 ANOS, PORQUE NÃO TENTA BATER EM ALGUM MAIS NOVO, para ver o que acontece, tremendo imbecil, pois ao deveria socorrer a esposa e acalmar o condutor e familiares, pois ninguém atropela outra pessoa por vontade propria...
 
Francisco Machado em 09/10/2012 09:07:08
Quer saber ? Estão todos errados. Ninguém tem educação para viver em comunidade e aqui em Campo Grande superou os limites. A engenharia de trânsito na nossa capital , parece ser conduzida por leigos, haja vista as " burrices" que podemos ver nas ruas e avenidas. Parece que não há estudos, análises, projetos etc. São feitos a toque de caixa. Ou seja , falta competência profissional.
 
sebastiao dos reis em 09/10/2012 08:38:32
O motorista estava errado, mas não justifica a agressão do marido da vitima. Se fosse um moleque tirando racha, ou tivesse alcoolizado, mas não, o senhor que dirigia o veiculo estava com sua família no carro e em sã consciência, então por mais que tenha errado, não merecia ter apanhado até desmaiar. Total Ignorância e falta de controle do marido!
 
DANIEL BRUNO ALMEIDA em 09/10/2012 08:25:59
Também não concordo com tanta violencia...mas queria ver se fosse seu pai ou seu filho que fosse atropelado por falta de educação do motorista....tem motoristas que acham que estão em uma pista de corrida na Av. Afonso Pena.
 
Thiago Roa em 09/10/2012 07:44:10
Agentes da agetran e também os guardas municipais fariam um ótimo trabalho se durante seu horário de trabalho orientassem a população sobre como se portar no trânsito. Apenas com campanhas exporádicas vai ser difícil resolver essa questão.
 
Vitória Marsal Vieira em 09/10/2012 07:38:39

CAMPOGRANDENSE NÃO TEM EDUCAÇÃO, É TUDO METIDO À BESTA.
COME MORTADELA E ARROTA PERU !!!!!!
 
lia zara em 09/10/2012 06:36:35
Se fosse com a minha esposa tinha batido e mais ainda nesse irresponsavel!!!!
 
william sousa em 09/10/2012 06:31:57
AGIU CERTINHO,EU FARIA O MESMO.
 
LUCAS DELMONDES em 09/10/2012 02:30:09
Não julgueis para não seres julgados! Alguém sabe dizer exatamente porque esse motorista apanhou? Será que depois do atropelamento ele foi educado e cortês?
 
Ivo Lenno em 08/10/2012 23:54:18
Só retardado para colocar essa faixa numa avenida que tem onda verde...
 
JONADARC ABORGES em 08/10/2012 23:10:27
Enquanto houver falta de educação, infelizmente ainda veremos esse tipo de absurdo acontecer no transito da Capital! E outra coisa, não se resolve uma situação criando outra, no caso do marido ter agredido o motorista, isso só faz perder a razão. Violência gera violência!
 
Neia da Costa em 08/10/2012 22:31:51
Morei muito tempo em Brasília, inclusive na época em que foi implantada a faixa de pedestres lá, foram realizadas várias campanhas educativas, as faixas são colocadas em locais adequados (não como esta que está em frente a prefeitura que está próxima a um cruzamento, um absurdo de tão perigosa), são devidamente iluminadas (aqui a noite temos dificuldade de ver as faixas). Então o ideal seria nossas autoridades de trânsito primeiro pudessem aprender como construir as faixas, como educar o motorista e o pedestre e depois implantar as faixas. O ideal seria enviar os responsáveis pelo trânsito em alguma cidades em que já tem o sistema implantado e aprender como eles fazem e não fazer sem método e sem planejamento como está sendo feito em Campo Grande, isto está colocando todos em risco.
 
Reinaldo Moreira em 08/10/2012 21:10:45
Ola boa noite sobre a educação com certeza todos nós precisamos rever este assunto , mas para o meu ponto de vista faixa de pedestre com preferencia a ele deve ser no meio do quarteirão pois quando o sinal em um cruzamento abre para passagem de veículos e na mesma esquina outra faixa na sequencia como pode arrancar e brecar ao mesmo tempo senhores ???? por isso digo e afirmo ao meio , da quadra todos tem uma visão e tempo melhor para frenagem ou qualquer outro ato.
 
augusto costa em 08/10/2012 20:54:12
essas faixas sao so para provocar acidente.essa prefeitura deveria colocar passarela nessa afonso pena e outros lugares.tem pedestre que o sinal esta aberto para os carros e eles ficam se achando como se fosse o filme do mazarope rsrsrsrr esse que agrediu essa pessoa que atropelou ta enrolado se é comigo ja vou direto abrindo um processo no lombo dele.o rapaz nao fugiu esse safado que se achou ser valentaooooo rsrsrrsrsr
 
VANESSA OLIVEIRA em 08/10/2012 20:38:05
O valentao em vez de socorrer a esposa,foi dar uma de machao.Faixa de pedestre não é escudo protetor,não é infalivel,só um imbecil para confiar cem por cento na faixa mesmo....
 
antonio alves em 08/10/2012 20:29:52
Precisa de mais sinalização!!!!!Morei em Brasilia por anos e a faixa é respeitada!!!!O pedestre sinaliza sua intenção de atravessar e só atravessa quando os carros param... e para o motorista existe a indicação da faixa pelo menos 50 metros antes!!!!!A sinalização de Campo Grande é em cima da faixa!!!Isso é uma armadilha!!!I
 
Ibrahim Mamud Júnior em 08/10/2012 20:10:58
A culpa toda é dos orgãos controladores do transito de c grande, colocam faixas e não fiscalizam, muitas vezes as faixas estão apagadas, quem nunca passou por ali nao sabe e não ve, a ainda abusam da velocidade.. falta fiscalização.
 
walfrido m silva em 08/10/2012 20:06:36
Sou pedestre ! Este local os motoristas não respeitam... já melhoraram muito sim! Mas existem outros muito abusados ainda. E DISCORDO DE QUEM AQUI FALOU QUE Alguns pedestres não dão a intensão de que vão atravessar! Aquilo se chama faixa de pedestre e por mais prevalecido que um pedestre seja ele preza sim pela vida, e se pisou na faixa os carros devem parar sim ... Claro que este condutor errou e mais ainda o marido da vitima em bater no cara ... mas com certeza este motorista deve ser um desses que não respeita por pegar a condutora la na ponta ... só falta dizer que não viu ela...
 
Ed Carlos Paredes em 08/10/2012 19:46:36
Negligência! É isso q. está acontecendo no trânsito, principalmente em Campo Grande, tanto por parte dos motoristas qto por parte dos pedestres!

A maioria dos pedestres não sabe se comunicar e a maioria dos motoristas, simplesmente ignoram os pedestres e acham q. são donos do mundo só porque estão dirigindo um carro.

Falta educação, respeito e um pouquinho de consideração pela vida, quem não respeita a faixa de pedestre é pq não consegue dirigir e se colocar no lugar do pedestre, pois antes de pegar no volante todos nós não passamos de simples pedestres atravessando por essa vida a fora...
 
Evonaldo Santos em 08/10/2012 19:41:08
Com toda nossa atual tecnologia, deve-se ter um meio de controlar a velocidade de todos os carros sob punição para quem não respeitar. Seria muito bom para a disciplina forçada de tds motoristas. No acidente faltou atenção e acho que não foi intencional. Já a agressão vejo como intencional e mais grave. Concordo com a maioria dos comentários, tbm vejo a falta de amor ao próximo.
 
Jorge Gonçalves em 08/10/2012 19:17:04
quem sabe agora que a festa do dinheiro público esta acabando o dignissimo prefeito,que eu tive a culpa de reelegelo , pega um pouco do dinheiro da fabrica de multas para colocar uma elevaçao para diminuir essas constantes confusões , o marido da senhora deveria bater no secretario de transito desta capital .!
 
edenor dourado em 08/10/2012 19:13:35
infelizmente tem pedestre que não tem atenção ao entrar na faixa, alguns inclusive aham que são super-homem !
 
Bruno Ferrari em 08/10/2012 19:10:31
A faixa de pedestre não está sendo respeitada, nem quando aonde tem o semáforo contínuo (fica aberto) e possui o botão no semáforo para a travessia de pedestre. Dias atrás, apertei o botão na Av. Duque de Caxias próximo ao Aeroporto para poder atravessar com segurança, ao ficar vermelho para os carros, atravessei, mas nem consegui chegar na metade, pois um carro passou na minha frente em alta velocidade, se não estivesse atenta, tinha sido atropelada, alguns carros pararam, mas outros passaram, isto com o sinal vermelho para eles!!!!
 
Maristela Cesco Brandão em 08/10/2012 17:46:26
Como disse o colega Arnaldo Benicio , é hora de ser revisto está faixa de segurança poisse vc observar o pedestre não está sinalizando sua intenção de passar, onde alguns carros param e outros ficam na duvida e mesmo a 40 km p/h não conseguem parar foi meu caso mas graça a Deus não atropelei mas por pouco não engavetamos uns 5 veiculos, p/ os pedestres desatentos a faixa não é passarela então devemos passar com um pouco mais de atenção e rapidez. "amor ao proxímo"
 
IGNACIO LLANO em 08/10/2012 17:34:20
Ambos estao errados. Quem atropelou e quem agrediu. As pessoas estao se tornando animais. O Sr. estava errado pois ali nao tem sinaleiro, mas tem pedestre que acha que porque esta na faixa esta desfilando em passarela...Pelamor, no transito de Campo Grande falta educacao para todos: motoristas e pedestres.
 
Leticia Nogueira em 08/10/2012 17:17:04
Pior são os pedestres que mesmo com o sinal aberto para os motoristas se acham no direito de atravessar a faixa sendo que o correto é quando o sinal está fechado e também nos lugares que não tiver sinal devem sinalizar a travessia. Eles estão muito mal informados, acham que em qualquer faixa podem sair atravessando.
 
Vânia Melo em 08/10/2012 17:10:27
A atitude do esposo está errada. Exercício arbitrário das próprias razões, agressão fisica, dano moral - vai sofrer inqérito policial, ação civel e criminal - ao invés de socorrer a esposa foi agredir o outro. Perdeu a razão.
 
geraldo feitosa da silva em 08/10/2012 17:09:10
Eu acho que essa faixa deve ser revista imediatamente, eu mesmo quase atropelei uma senhora, pois ao meu lado estava um onibus que parou na faixa direita tapando completamente a visão se eu nao estive atendo teria atropelado pois a senhora avançou sem olhar. Quanto ao agressor mesmo sob forte emoção devemos controlar nossos atos.
 
Arnaldo Benicio da SIlva em 08/10/2012 17:00:05
Conforme o Carlos Pereira comentou acima, esta faixa está num local completamente errado. Os órgão responsáveis deveriam verificar e analisar, não adianta colocar guardinha de manhã, como acontece todo dia.
 
Elinete Ricartes em 08/10/2012 16:51:36
Boa parte dos pedestres não sabe atravessar ruas, se um carro parou e deu passagem, tem que esperar os outros pararem, por algum motivo o outro motorista pode não ver o pedestre.
 
Marcos Silva em 08/10/2012 16:41:43
Na realidade esta faixa de pedestres está na próximo da Prefeitura Municipal, mais no sentido de prejudicar o pedestre e o motorista. É simples, quando o motorista para naquela faixa, atrapalha todo o transito da rua transversal, vez que a faixa esta no inicio da rua e não no final da rua. Coisa maluca mesmo. Aliás e é onde sempre ficam os marronzinhos, às vezes em dois ou tres deles ao mesmo tempo, prontos para multar motoristas, sem qualquer critério.
 
Carlos Pereira' em 08/10/2012 16:40:40
Tanto alguns motoristas quanto alguns pedestres ainda desconhecem o uso correto da faixa de pedestre, o pedestre SEMPRE deve sinalizar com as mãos que irá fazer a travessia, assim o motorista se atenta e ao freiar deve ligar o alerta para sinalizar quem vem atrás, se o motorista que vem atrás estiver na velocidade correta para a via vai ter tempo suficiente para freiar.
Já vi muito motorista parando de repente, sem ao menos o pedestre sinalizar, as vezes o pedestre está somente parado na calçada.
PARA AMBOS VALE USAR O BOM SENSO E RESPEITAR A VELOCIDADE PERMITIDA.
Devemos parar de culpar as autoridades, nós devemos começar a ser mais prudentes e ensinarmos nossos filhos, futuros motoristas a respeitar o espaço alheio.
 
Ana Miranda em 08/10/2012 16:38:18
Falta mais educaçao de pedestres e motoritas... com essa nova lei, o pedrestre tbm ficou mais provalecido, nao olhando para o lado na travessia de vias urbanas!! esquecem que o nosso maior bem é a VIDA...
 
Chrystiano Vilalba Antonio em 08/10/2012 16:35:17
Não acho, cara Léuria Motta, que a violência do marido da vítima faz sentido, pois violência alguma faz sentido.
 
Rodrigo Adania em 08/10/2012 16:33:40
Motorista tem que esperar com certeza, ele ta errado, porem o pedestre não deve simplesmente ir passando sem prestar atenção, afinal ele é o lado mais fraco, custa ter cautela minha gente?
 
Márcio Martins em 08/10/2012 16:32:44
Falta conscientização dos pedestres. Não é só colocar o pé na faixa e achar que esta seguro, sabemos da lei e da obrigação dos motoristas, mas infelizmente não podemos confiar. O mundo de hoje esta muito violento, é uma pena, porque a vida passa muito rápido.
 
Ingrid Lara em 08/10/2012 16:31:36
Acontece que em CG os administradores do trânsito são muito fraquinhos, o que precisa é colocar sinais na maioria da vias da cidade, locais de muito fluxo de pedestres devem ter semáforos, vejam aquela faixa no meio da Av. Zarhan perto do Banco do Brasil, não dá pra ver o pedestre tamanho o número de veículos.
 
João Crisóstomo de Campo Grande - MS em 08/10/2012 16:23:18
O Trânsito de Campo Grande anda muito violento, tanto os pedestres quanto aos motoristas tem que prestarem mais atenção. Eu achei um absurdo o marido da pedestre agridir o motorista, afinal ele não fugiu do local do acidente e sim saiu do carro para socorrer a vítima, não resolvemos nada com violência, as pessoas não respeitam mais ninguém esse tipo de agressão não se justifica.
 
Fátima Rosa de Oliveira em 08/10/2012 16:01:16
Sim o motorista cometeu um erro grave, mas isso não justifica ele ser espancado!!!!
 
morgana melo em 08/10/2012 16:01:11
Violência gera violência,é muito fácil para nós julgarmos às pessoas quando o acontecido não é conosco,não estávamos presente ao fato,mais estamos no trânsito o dia todo e,sabemos que tanto o motorista quanto o pedestre teem que se respeitar,senão vamos ver acidentes todos os dias.A palavra dura suscita a ira mais a palavra branda aplaca o furor,portanto sejamos calmos e humanos.
 
Mario Nei Alves em 08/10/2012 15:59:07
O Trânsito de Campo Grande anda muito violento, tanto os pedestres quanto aos motoristas tem que prestarem mais atenção. Eu achei um absurdo o marido da pedestre agridir o motorista, afinal ele não fugiu do local do acidente e sim saiu do carro para socorrer a vítima, não resolvemos nada com violência, as pessoas não respeitam mais ninguém esse tipo de agressão não se justifica.
 
Fátima Rosa de Oliveira em 08/10/2012 15:58:33
Quase fui atropelada nesta esquina. Dois carros pararam, e quando eu estava atravessando, veio um terceiro e avançou. Minha sorte foi que consegui correr e pular na calçada. Só atravesso numa faixa de pedestre após os carros pararem... É o que recomendo aos meus filhos. O pessoal ainda não respeita mesmo...
 
Thais Barbosa em 08/10/2012 15:56:04
sinceridade campograndense não esta preparado para isso ... então meus amigos tem que tirar essa faixa de pedestre e colcoar sinaleiro pronto ... acabou ... vai economizar muito só com o samu ... simples e facil de resolver mas querem complicar é nisso que da
 
wellington luxemburgo em 08/10/2012 15:55:07
A revolta desse marido faz todo o sentido, como já foi dito anteriormente eu respeito as faixas de pedestre mas quando preciso utiliza-la é a mesma coisa de que nem eu e nem a faixa estivessemos ali, a grande maioria dos motoristas que dirigem pela cidade não tem o minimo de educação e cautela.
 
Léuria Motta em 08/10/2012 15:54:51
Considero muita imprudência colocar uma faixa de pedestres, numa avenida rápida, sem que próximo exista algum redutor de velocidades, seja um semáforo ou lombada. E pra piorar, a faixa é colocada após um cruzamento, e não antes. Ou seja. O carro tem que parar no meio do cruzamento. Com tudo isso somatizado, a chance de alguém, despercebidamente cometer algum erro é grande, e com isso, vitimar pessoas inocentes. Culpa das autoridades que não souberam, de forma prudente, colocar a faixa de pedestres num local adequado.
 
Tiago Silva em 08/10/2012 15:52:11
O Trânsito de Campo Grande anda muito violento, tanto os pedestres quanto aos motoristas tem que prestarem mais atenção. Eu achei um absurdo a atitude do marido da pedestre afinal o motorista não fugiu do local do acidente e sim saiu do carro para socorrer a vítima, não sei porque tanta violência, as pessoas não se respeitam mais, esse tipo de agressão não se justifica.
 
Fátima Rosa de Oliveira em 08/10/2012 15:40:47
Em nenhum momento foi falado se havia sinal aberto ou não. (Não me recordo se há sinal ali) Poderia muito bem ser imprudência do pedestre.
Mas de qualquer forma, o marido da vítima não direito de bater em ninguém. Só que trânsito é uma coisa séria... enquanto a cultura do campograndense não mudar, ainda teremos muitas situações como estas.
 
Uriá de Mello Soares em 08/10/2012 15:38:33
Nesse pedaço na Av Afonso Pena não existe semáforo portanto o motorista tem que esperar o pedestre atravessar completamente a faixa!
 
Anderson Mariani em 08/10/2012 15:35:36
Seria simples se o motorista tivesse consciencia e respeitado a faixa de pedestre, garanto q nada disso teria contecido.
 
Milton Nogueira em 08/10/2012 15:31:57
O Trânsito de Campo Grande anda muito violento, tanto os pedestres quanto aos motoristas tem que prestarem mais atenção. Eu achei um absurdo o marido da pedestre agridir o motorista, afinal ele não fugiu do local do acidente e sim saiu do carro para socorrer a vítima, não resolvemos nada com violência, as pessoas não respeitam mais ninguém esse tipo de agressão se justifica.
 
Fátima Rosa de Oliveira em 08/10/2012 15:29:30
Se o motorista estivesse prestando atenção, talvez nada disso teria acontecido.
 
Bruno Freire em 08/10/2012 15:23:04
bem é muito fácil criticar a atitude de alguém quero ver se fosse com um familiar de algum de vocês se a revolta também nao ia surgir. Pense nisso.
 
jaqueline moura em 08/10/2012 15:17:52
Um absurdo este tipo de agressão, independente da culpa, ninguém tem o direito de revidar com agressão física e fazer justiça com as próprias mãos. Para isso existe a justiça.
 
Natalia Higa em 08/10/2012 15:12:27
É por essas e outras atitudes maléficas e vingativas que na maioria das vezes o motorista que comete um atropelamento, não pára no local do acidente, embora muitas vezes o desejam assim fazê-lo. Todavia, com medo de repreensões desse tipo ( violência física) o impede de dar socorro à possível vítima. Não é porque algum familiar nosso foi atingido por um carro (muitas vezes involuntariamente, ou seja, contra a vontade do motorista) é que vamos, também, agir de forma violenta contra o mesmo.
 
Laucidio Ribeiro em 08/10/2012 15:11:22
Não concordo com a atitude do esposo da pedestre agredindo o motorista. Quem sabe esse motorista aprenda a lição: Respeito ao pedestre.
 
jose Alfredo de Melo em 08/10/2012 15:05:20
Se fosse meu marido que tivesse sido atropelado, eu teria feito a mesma coisa. Como condutora eu respeito a faixa de pedestre e quando ando nas ruas não tenho o respeito de volta. Isso significa que as multas não funcionam por falta de policias nas ruas.
 
Cleonice Almeida em 08/10/2012 14:58:55
Que coisa mais patética... Voltamos ao tempo das cavernas?? O motorista estava errado, sim estava, mais precisa de tanta baixaria assim...realmente, já pensou se todos nós formos resolver nossos problemas batendo nos outros...isso vai virar uma guerra...
 
Rose Farfan em 08/10/2012 14:49:38
Mas uma vez é demonstrada a falta de educação dos motoristas, pedestres etc...
 
Priscilla Moura em 08/10/2012 14:34:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions