A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

26/04/2013 22:15

Casal morre em acidente na BR-163; já são 7 mortes em 8 dias no trecho

Nyelder Rodrigues
Caminhão estava indo para SP com carga de bancos de madeira (Foto: Dourados Agora)Caminhão estava indo para SP com carga de bancos de madeira (Foto: Dourados Agora)

Um casal morreu no final desta tarde na BR-163, próximo à ponte sobre o rio Brilhante, na região de Douradina, a 196 quilômetros de Campo Grande. Já são sete mortes no trecho. Em menos de 10 dias, o número de mortes no trecho já supera em 40% o total registrado em 12 meses do ano passado, quando foram cinco.

Veja Mais
Imprudência pode ser causa de cinco mortes em ponte no meio de curvas
Casal de idosos morre em colisão envolvendo 4 veículos na BR-163

Conforme o site Dourados Agora, as vítimas foram Orlando Esteves, de 72 anos, e Darci Rodrigues Esteves, de 62. Eles estavam em um caminhão que ia para São Paulo e capotou. O corpo dos dois ficou preso às ferragens.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) contou que o acidente aconteceu porque uma carreta fazia uma ultrapassagem perigosa e ia bater de frente com o caminhão de Orlando.

Ele tentou desviar da carreta, e acabou perdendo o controle do veículo, saindo da pista e capotando. Com as duas mortes de hoje, o trecho já registrou sete mortes em acidentes de trânsito no trecho. 

No último dia 18, três ocupantes de uma camionete morreram ao bater em um micro-ônibus com estudantes. A colisão ocorreu sobre a pnte e matou o condutor da caminhonete, Silas Epefânio Medina Martinez, de 47 anos, o irmão dele, Rubens Medina Martinez, de 51 anos, e a esposa de Silas, Edenia Salviano Medina, de 33 anos.

Outros dois ocupantes do carro, Daniel, de 4 anos, e a irmã de Silas, Nélida Medina dos Santos, 49 anos, foram levados para o Hospital da Vida, em Dourados. Outros 15 estudantes ficaram feridos.

Já no dia 20, uma camionete S-10 colidiu contra a traseira de uma carreta, e caiu dentro do rio, matando o casal que estava dentro.




A imprudencia dos carros pequenos tbem é demais.PARA ELES NÃO EXISTE FAIXA CONTINUA, NEM CURVAS.APODAM EM QUALQUER LUGAR. O que eu admiro,é que estão com a familia dentro dos carros.Tem caminhoneiros irresponsáveis tbem,mas precisa é de atitude e meter multa bem alta para poder respeitar.
 
Marcelo C. Lima em 27/04/2013 15:19:39
FAcil de resolver: mete radar antes da ponte nos dois sentidos! Sem velocidade não se pode ultrapassar!
 
marcio arraes em 27/04/2013 12:33:57
O problema desta rodovia neste trecho, composto pela ponte sobre o rio Brilhante e os acessos a ela, é que a ponte e estreita e um pouco comprida. as entradas e saídas são feitas muito próximas a curvas; com um dos acesso feito em curva e decida. Com pouco espaço de visão sobre a ponte e a saída dela. O que dificulta o tempo de reação, de evitar o encontro de quem vem em sentido contrario. Portanto os motorista erram, mas a engenharia da rodovia precisa de correção.
 
luís eloy alves da costa em 27/04/2013 09:55:08
é preciso coibir os abusos de velocidade nas rodovias, principalmente dos caminhoneiros, pois, toda vez que alguém viaja pela 163, se depara com muitos infratores, caminhões imensos, carregados, ultrapassando mesmo se o automóvel esteja a 120 km, ultrapassando em curva, em subida, uma estupidez!
 
elias antonio pereira em 27/04/2013 09:11:08
De novo,essas tragedias nesse local ta virando cotidiana,precisam prestar mais atençao a esse trecho,mesmo que seje por imprudencia dos motoristas,tem que ter alguma explicaçao,qdo o acidente nao aconteçe em cima da ponte,é bem proxima a ela,e a sinalizaçao provisoria que iriam colocar ja esta la?peçam pra algum religioso ir neste local e fazer oraçao,benzer,pq ta bem complicado ver essas noticias de acidentes toda semana nesse lugar,fico ate com medo de viajar e ter que passar por essa ponte,nesse trecho,lamentavel isso,providencias sejem tomadas imediatamente.
 
Eliane Leite em 27/04/2013 08:23:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions