A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

25/06/2012 10:41

Mesmo com campanha, Capital tem 200 atropelamentos em 2012

Mariana Lopes

Alto índice de acidentes envolvendo pedestres fez Detran criar terceira fase da ação "Pedestre, eu cuido"

Agentes do Detran distribuíram panfletos de orientação aos pedestres (Foto: Mariana Lopes)Agentes do Detran distribuíram panfletos de orientação aos pedestres (Foto: Mariana Lopes)

De janeiro a maio deste ano, foram registrados 200 atropelamentos nas ruas de Campo Grande, dois resultando em morte. Diante desses dados, o Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Mato Grosso do Sul intensifica a campanha “Pedestre, eu cuido!”, com apelo nos terminais de ônibus da Capital.

De acordo com a diretora de Habilitação e Educação no Trânsito do Detran, Elizabeth Félix, esta terceira intervenção não estava no cronograma da campanha, porém, com o alto índice de acidentes envolvendo pedestres, veio a necessidade em retomar as orientações de como utilizar a faixa de segurança.

“Aos motoristas, orientamos que sempre deem a preferência aos pedestres, respeitem a faixa, e aos que estão a pé, o alerta é de que sempre façam o sinal com as mãos antes de fazerem a travessia, além de terem a certeza de que todos os veículos pararam, para atravessarem com o máximo de segurança”, pontua.

Com o panfleto que havia acabado de receber de um dos agentes do Detran, a costureira Maria Lúcia de Matos, 57 anos, concorda que falta educação no trânsito de Campo Grande. “Acho que esse tanto de atropelamentos que acontecem é culpa das duas partes, junta a falta de cuidado dos pedestres com a pressa dos motoristas, que sempre abusam da velocidade”, opina.

Um alerta que Elizabeth faz aos pedestres é em relação às vias com três faixas. “Está acontecendo muito de os pedestres sinalizarem a travessia, o carro da primeira fixa parar e o da terceira não ver e continuar, e acaba atropelando quem está na faixa”, pontua.

A diretora enfatiza ainda que, basicamente, é preciso de gentileza no trânsito. “Estamos tentando fazer uma mudança cultural e comportamental, e isso demanda tempo e perseverança”, diz Elizabeth Félix.

Sinalização - A falta de sinalização, tanto horizontal quanto vertical, nas ruas da Capital contribui para os acidentes acontecerem. Segundo Elizabeth Félix, no começo da campanha, o Detran repassou à Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) R$ 220 mil para aplicar na sinalização.

De acordo com a diretora, a Agetran afirmou que está na fase final de licitações para iniciarem o reforço da sinalização em frente às escolas, universidades e pontos críticos de Campo Grande, onde já foi realizada a campanha, como Mercadão, Camelódromo, Belmar Fidalgo. Ela garante que, nestes locais, após a campanha diminuíram 20% os acidentes com pedestres.

Campanha - As duas primeiras etapas da campanha “Pedestre, eu cuido” reforçaram o comportamento de motoristas e pedestres, pontuando os direitos e deveres de cada lado.

A primeira fase teve início em novembro de 2011, ano no qual foram registrados 461 atropelamentos de pedestres, com seis mortes. A segunda fase, intensificada nas escolas públicas e privadas, aconteceu em fevereiro, no início do ano letivo.

A campanha, “Pedestre, eu cuido!”, é promovida por meio de uma parceria entre o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), a Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) e demais entidades que compõem o Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito (GGIT).




a ideia é boa,mas o pedestre tem preguiça até de sinalizar com a mão para atravessar,e atravessa no verde,fora da faixa,entre os carros.a partir do momento que eles,os pedestres começarem a pagar multas desses erros ,ai eles aprendem,pois só perdendo dinheiro em multas que as pessoas aprendem,e somente nós motoristas que pagamos multas,ipva,licenciamento.passa isso para o pedestre tambem.
 
roger william em 26/06/2012 08:29:47
DEPOIS QUE COMEÇARAM A CAMPANHA DE FORMA ERRADA, AGORA PRA CORRIGIR OS PEDESTRES VAI SER DIFICIL. VEJO MUITOS PEDESTRES PASSANDO EM FAIXA COM O SINAL VERDE PARA OS CARROS. E ELES NEM OLHAM PRO LADO SE ACHANDO NO DIREITO DE PASSAR NA FAIXA. FALTOU INFORMAÇÃO AOS PEDESTRES NO INICIO DA CAMPANHA. A AGETRAN SE PREOCUPOU EM MULTAR OS VEICULOS AO INVES DE EDUCAR OS PEDESTRES TAMBEM.
 
ricardo martins em 25/06/2012 12:15:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions