A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

15/11/2013 09:49

Estado de motociclista é grave após acidente que destruiu moto e carro

Francisco Júnior
Moto foi partida ao meio. (Foto: Cleber Gellio)Moto foi partida ao meio. (Foto: Cleber Gellio)

É grave o estado de saúde do motociclista que se envolveu em um acidente por volta das 4h30, na MS-010, próximo ao Parque do Peão CLC, em Campo Grande. No local, estava sendo realizada uma festa de música eletrônica. A vítima, que ainda não foi identificada, está internada na Santa Casa.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A moto se partiu ao meio ao bater de frente em um veículo Voyage, de placas de Ribas de Rio Pardo, conduzido por Diego Vuelma, 23 anos. Com o impacto, o carro também ficou praticamente destruído.

Diego relatou ao Campo Grande News que o motociclista pilotava com o farol desligado e teria invadido a pista contrária. O rapaz afirmou que o acidente aconteceu por volta das 2 horas e que estava voltando da festa na companhia de mais três amigos. “Caí na bobeira de vir ao show. Vim por pressão de amigos e acabou acontecendo isso” , disse.

A colisão foi tão forte que o carro só foi parar dentro de uma valeta, a 50 metros do ponto de impacto. Chumaços de cabelo da vítima ficaram no para-brisas do Voyage.

Parentes da vítima foram até o local do acidente e, de acordo com Diego, tentaram agredi-lo.

Policiais da PRE (Polícia Militar Rodoviária), que atenderam a ocorrência, não conseguiram encontrar no local a placa da moto ou qualquer documento que identificasse o motociclista.

Até o momento em que a reportagem permaneceu no local do acidente, Diego ainda não tinha sido submetido ao teste do bafômetro, mas não apresentava sinais aparentes de embriaguez.

Carro ficou com a frente destruída. (Foto: Cleber Gellio)Carro ficou com a frente destruída. (Foto: Cleber Gellio)



ate parece q a culpa é da festa,campo grande não tem nada,tudo chega aki por ultimo,agora o que tem q ser fiscalizado são esses rachas,esses pilotos imprudentes,isso sim,porque isso pode acontecer com qualquer pessoa,e tbm não acredito que não tenha bebida alcoolicas nesse caso,sem aparente sinal de embreagues,claro no susto o cabra acorda,bem como o piloto da moto tbm,sera q tbm naun estava embriagado
 
laura cristina em 16/11/2013 15:39:40
CUIDADO AI AO GENERALIZAR EU SOU MOTOCICLISTA E ANDO DE FORMA PRUDENTE..!!!!!
 
DOUGLAS CAVALCANTE em 16/11/2013 12:52:39
Vão começar os comentários sem noção aqui falando que a culpa foi da festa, o cara vem com farol apagado, invade a pista contrária e ainda some a placa da moto, por que será em, esse pessoal que anda de moto vive tentando se matar mesmo, essa semana quase atropelei dois que se jogaram na minha frente.
 
Junior Ferreira em 15/11/2013 20:59:21
ATE QUANDO, VAMOS CONTINUAR PROMOVENDO ESSA DESTRUIÇÃO?????
SERA QUE ESSAS FESTAS NÃO TERIAM DE TER HORARIO FIXO, PRA COMEÇAR MAIS CEDO E TERMINAR MAIS CEDO??? ATE QUANDO NOSSAS AUTORIDADES VÃO FECHAR OS OLHOS , PRE VER ONDE ESTA SENDO CONSUMIDO , AS DROGAS LICITAS E ILICITAS?????
ATÉ QUANDO VAMOS FECHAR OS OLHOS E FINGIR QUE ÃDA ESTA HAVENDO??????
 
MARLENE NIZ em 15/11/2013 12:47:20
Se a policia não conseguiu identificar o motociclista, como pode parentes ter chegado ao local do acidente e querer agredir Diego?? Se eram parentes deviam saber o nome do motociclista não??
 
Eni Oliveira em 15/11/2013 11:29:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions