A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

28/08/2012 13:55

Idoso interdita rua e reclama de motoristas que não respeitam velocidade

Mariana Lopes

Revoltado com a velocidade que os motoristas passam no cruzamento das ruas André Luis e Uricuri, aposentado interditou o trecho em frente à casa dele com tijolos, pedaços de madeira e troncos de árvore.

O objetivo de seo Jordão era de chamar a atenção para ver se o poder  público coloque asfalto na ruaO objetivo de seo Jordão era de chamar a atenção para ver se o poder público coloque asfalto na rua
A Polícia Militar foi ao local para desinterditar a via e orientar o morador (Fotos: Minamar Júnior)A Polícia Militar foi ao local para desinterditar a via e orientar o morador (Fotos: Minamar Júnior)

Revoltado com a velocidade que os motoristas passam no cruzamento das ruas André Luis e Uricuri, na Vila Carlota, o aposentado Jordão Gonçalves de Souza, de 82 anos, resolveu chamar a atenção da polícia e interditou o trecho em frente à casa dele com tijolos, pedaços de madeira e troncos de árvore, na manhã de hoje.

“Os carros passam aqui correndo, aceleram na porta da minha casa e levanta a maior poeira. É uma falta de respeito”, reclama o idoso. A rua André Luis é asfaltada até pouco antes da casa do “seo” Jordão, onde começa um trecho que é de terra e cascalho.

Segundo a esposa dele, Maria Iraci Silva de Souza, 77 anos, o casal já solicitou à Prefeitura pavimentação na rua, mas não foi atendido.

Morador na casa da frente, Valdir Barbosa Freitas, 40 anos, alerta para outro problema. “Os carros vem em alta velocidade pelo asfalto e dão cavalinho de pau quando chegam na parte de terra. O perigo é que temos crianças aqui”, pontua.

Os moradores acreditam que além do asfalto, um quebra-molas ajudaria a amenizar o problema, já que a rua é bem movimentada por causa do acesso à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

A Polícia Militar esteve no local na manhã de hoje para desinterditar a rua e orientar o morador de que é ilegal fechar as vias sem autorização do poder público.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, não há previsão para asfaltar o trecho, a prioridade é para corredores de transporte coletivo.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions