A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

15/08/2014 20:19

Levantamento aponta aumento de 700% no número de motos em MS

Michel Faustino
Frota de motocicleta aumentou 700% no Estado (foto: arquivo/CGNews)Frota de motocicleta aumentou 700% no Estado (foto: arquivo/CGNews)

Ultimo levantamento feito pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) aponta que Mato Grosso do Sul vivenciou um aumento de mais de 700% no número de motos nos últimos 16 anos , registrando uma frota circulante em 2014 de 409 mil veículos. Somente no último ano, 6 mil novas motos tomaram conta das ruas do Estado.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Neste cenário, aumentaram também os acidentes com motociclistas. O Estado de MS é o 14ª no ranking nacional com maior taxa de acidentes.

Com base nesses dados, entre os dias 10 e 21 de agosto acontece silmutaneamente na Capital e em Dourados um ciclo de palestras e treinamentos que levam informações sobre tendências de mercado e segurança do motociclista. O evento é direcionado para empresários do setor e motociclistas em geral.

Conforme Ricardo Theiss , palestrante do evento, é importante alertar os motociclistas sobre a importância do uso adequado dos equipamentos de segurança.

Segundo ele, cerca de 35% das sequelas ocasionadas por acidentes com motos podem ser evitadas com o uso de equipamentos como calças e jaquetas especiais, além de luvas e botas. “As botas, por exemplo, evitam torções e fraturas nos pés.”, conta.




Não é o equipamento, jaquetas,calças ou botas que evitarão os acidentes. Esses são acessórios que dão uma Falsa segurança aos motociclistas. Capacete aberto então é uma aberração, uma lenda. na minha experiência de mais de 30 anos em traumatologia Bucomaxilofacial. Atuando na Santa Casa de Campo Grande desde 1987, já testemunhei mais de dez mil acidentes com moto, operei uns nove mil pacientes, dos quais, mais de 70 % tinham ingerido BEBIDAS ALCOÓLICAS ! Esse é o grande mal. Naquela conveniência esquina das ruas Rio Grande do Sul com a Afonso Pena então, é um festival de motos e álcool. E tanto a CiaPetran como a Agetran fazem vistas grossas.Não há uma blitze,nada,absolutamente nada...Como contornar essa situação de guerra, se os Órgãos fiscalizadores se omitem ? Dr. Arnobio Luiz-CBMF
 
henrique luiz mayer nunes em 16/08/2014 15:22:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions