A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

19/02/2013 10:18

Lista tem condutor com 287 pontos na CNH, 14 vezes o máximo permitido

Aline dos Santos
Fila dupla é umas irregularidades comedidas por condutores com muitos pontos na carteira. (Foto: Rodrigo Pazinato)Fila dupla é umas irregularidades comedidas por condutores com muitos pontos na carteira. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Uma mesma pessoa acumula 287 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em Campo Grande. A pontuação, quatorze vezes superior ao máximo de 20 pontos ao ano determinado pelo Código Brasileiro de Trânsito, é de Rubens Castilho da Silva.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Uma motocicleta registrada em seu nome foi flagrada 44 vezes por excesso de velocidade, entre 22 de setembro de 2011 e 5 de maio de 2012. O Detran (Departamento Estadual de Trânsito) publicou hoje, no Diário Oficia do Estado, o edital notificando o condutor sobre o processo para suspensão do direito de conduzir veículos automotores.

Apesar de tamanha pontuação, ele tem prazo de 15 dias para se defender. Uma das possibilidades, por exemplo, é que o condutor já tenha vendido a moto e o comprador não tenha efetuado a transferência.

Já o condutor Roosevelt Belmont de Santana aparece com 95 pontos na CNH. Foram 20 flagrantes de infrações, sendo 19 em Campo Grande e uma em Botucatu (interior de São Paulo). As multas foram por excesso de velocidade e avançar o sinal vermelho.

Também alvo de processo administrativo para suspensão do direito de dirigir, Helder Aparecido Souto tem 89 pontos na Carteira Nacional de Habilitação. São 18 autuações, registradas entre setembro de 2011 e março de 2012. As multas são por excesso de velocidade, fila dupla, falar ao celular, não usar cinto de segurança e avançar o sinal vermelho.

Os outros dois condutores também têm prazo de 15 dias para apresentar a defesa. De acordo com a assessoria de imprensa do Detran, eles estão na lista do grupo de 60 condutores com mais de 81 pontos na CNH. Destes, cinco apresentaram defesa e 19 serão notificados nas próximas semanas.

Já o total de condutores com mais de 20 pontos na carteira não foi divulgado por questão técnica. Pois nem todas as autuações chegam em tempo real ao bando de dados, como as multas nacionais.

O órgão abre, em média, 300 processos de suspensão de CNH por dia em Mato Grosso do Sul. A suspensão vai de um mês até o máximo de um ano e, no caso de reincidência no período de doze meses, pelo prazo mínimo de seis meses até o máximo de dois anos.




Rever o CTB para em casos suspeito do infrator estar usando carro em nome de terceiro, ficar o veiculo impedido de transitar, assim, quando parado em uma blitis o veiculo, independente do Licenciamento estar em dia, ficaria retido.
 
Fernando Dias em 19/02/2013 17:05:24
Rosangela Mello....nesse caso os pontos vão para o Dentran...rs....Brincadeira, o correto é o proprietário ser notificado a apresentar o motorista. Caso não o faça, recebe outra multa e fica por isso mesmo.
 
JOELSON SANTOS em 19/02/2013 16:54:35
Uma dúvida, a pessoa não tem CNH e compra um carro, ela não dirige e quem dirige também não tem CNH se houver infrações como fica? Quando comprei o carro do meu filho queriam minha CNH, mas como ele é habilitado e o carro era para ele eu fiz questão que a Nota Fiscal saísse em nome dele, mas sei de um caso em que o comprador não tem CNH e nem sequer sabe dirir, quem dirige é a esposa dele que tbem não não tem CNH.
 
Rosangela Mello em 19/02/2013 16:10:24
Isso é uma vergonha, ao acumular os 20 pontos a suspensão deveria ser automática. O reponsável por tantos infratores é o próprio detran, como dar o direito de dirigir a uma pessoa que não aceita ser direito? O correto, moral, justo e de bom senso é: 1º cada infração o motorista recebe a notificação com direito a recurso até 15 dias ápos recebimento da mesma; 2º 20 pontos suspensão automática de 6 meses, dobrando a cada suspensão; 3º ápos 3 suspensões perde o direito a dirigir. Mas os nossos legisladores não são corretos, de moral, justos e nem de bom senso. Uma criança de 5 anos sabe o que é certo e errado, pessoas estudam anos para fazerem leis que só dam errado. Das duas uma ou os aprovados nessas são incapacitados ou o governo quer os incapacitados!
 
Alexandre de Souza em 19/02/2013 14:28:59
A verdade nua e crua é de que as legislação do Codigo de Transito Brasileiro não passa de um grande livro de piadas, porque quando o politico faz uma lei é uma piada, quando faz uma piada, vira lei, exemplos não faltam do que eu afirmo, uma delas é de que os condutores devem trafegar na via deixando um metro e meio de distancia do ciclcista, ora, como podemos cumprir tal aberração? outra situação hilária é pontuação na carteira, alguem conhece pessoa que ficou impedida de conduzir por excesso de pontos na CNH? a lista de piadas é extensa, como caixa em motocicletas, adesivos refletivos em carroçarias de caminhão, leis destinadas aos pedestres essa sim é um capitulo divertido de artigos hilarios. Deveriamos ter uma revisão no CTB e retirar leis absurdas e contrarias a razão.
 
Horlando P. de Mattos em 19/02/2013 12:23:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions