A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

31/05/2011 19:19

Motociclista que usava lanterna fica ferido em colisão com viatura da Cigcoe

Nadyenka Castro

Acidente foi em rodovia

Ademil estava em motocicleta. Policiais e bombeiro que passava pelo local fizeram os primeiros socorros. (Foto: José Ortiz)Ademil estava em motocicleta. Policiais e bombeiro que passava pelo local fizeram os primeiros socorros. (Foto: José Ortiz)

Com uma lanterna portátil na mão servindo como farol para a motocicleta que conduzia em zigue-zague pela MS-060, Ademil Moreira da Costa, 47 anos, acabou se envolvendo em um acidente com uma viatura da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais), por volta das 21 horas dessa segunda-feira a cerca de 19 quilômetros da área urbana de Campo Grande. Ele estava aparentemente embriagado.

O sargento do Corpo de Bombeiros José Almir Ortiz, que em março deste ano sofreu um acidente próximo ao local, passava por lá e prestou os primeiros socorros a Ademil. “Ele estava de barriga para baixo, com o sangue coagulado e com um dente dentro da garganta. Eu virei ele e desobstrui as vias aéreas”, conta.

O militar ficou no local até a chegada de colegas que levaram Ademil com vários ferimentos para a Santa Casa da Capital. Ele passou por uma cirurgia na tarde dessa terça-feira e permanece internado.

De acordo com relato à Polícia Civil do policial que conduzia a viatura, o veículo era o quinto no comboio que voltava de Sidrolândia e estava a velocidade média de 80 Km/h.

A motocicleta Shineray sem placas conduzida pela vítima estava em baixa velocidade no sentido contrário, entretanto, trafegava em zigue-zague e o farol era uma lanterna portátil.

As quatro primeiras viaturas desviaram da moto pelo acostamento, mas a quinta não conseguiu e houve a colisão lateral.

O carro oficial ficou com vários danos: quebra-mato amassado, lateral direita amassada, pára-brisa quebrado, farol direito quebrado, retrovisor direito quebrado, capô amassado e porta dos passageiros riscadas. A moto ficou completamente destruída.

Ademil é morador no assentamento Sol Nascente, em Sidrolândia. Com ele havia uma garrafa de pinga, um pênis de borracha e medicamento para disfunção erétil. Testemunhas disseram que ele estava aparentemente embriagado e exalava forte odor etílico.

O bombeiro que socorreu Ademil foi vítima de um acidente há três quilômetros do local em março deste ano. Dois amigos dele morreram no local. Ferido, ele não pode ajudar os dois pastores que foram a óbito na ocasião.

O sargento Ortiz voltava de Jardim, onde tinha ido se apresentar na unidade do Corpo de Bombeiros onde é lotado. Era a primeira vez que ele tinha ido ao quartel desde o acidente em que ficou ferido.




Deve ser daquelas cinquetinhas da SHINERAY que eles insistem em vender dizendo que não precisa emplacar nem habilitação, sendo que precisa, só as autoridades competentes pararem de fazer vista grossa. Está morrendo muita gente no Brasil nessas motinhas que compram sem ter habilitação e transitam tranquilamente, sem ninguém "pegar".

Agora, esse se deu mal demais, mas também olha a idéia, andar com lanterna....cada coisa, por causa de gente assim que pago uma paulada de DPVAT.
 
Jean Carlos dos Santos em 01/06/2011 04:40:53
Sem comentários, moto sem placa, com lanterna portátil, uma garrafa de pinga e um pênis de borracha e medicamento para disfunção erétil...
Melhor nem falar nada, e a turma da CIGCOE voltando de uma missão, cansados, com a família em casa esperando e ter de passar por isso por causa deste maluco!!!
 
Gustavo Cesar C. Gonçalves em 31/05/2011 10:25:22
"Ademil é morador no assentamento Sol Nascente, em Sidrolândia. Com ele havia uma garrafa de pinga, um pênis de borracha e medicamento para disfunção erétil. Testemunhas disseram que ele estava aparentemente embriagado e exalava forte odor etílico."
.
.HAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAH
 
Athaide Romero em 31/05/2011 09:38:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions