A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

09/02/2015 15:42

Reordenamento aumenta confusão, mas há quem goste da mudança

Alan Diógenes
Proibições foram sinalizadas pela Agetran com cones laranjados. (Foto: Alcides Neto)Proibições foram sinalizadas pela Agetran com cones laranjados. (Foto: Alcides Neto)
José acredita que mudança vai piorar o fluxo de veículos no local. (Foto: Alcides Neto)José acredita que mudança vai piorar o fluxo de veículos no local. (Foto: Alcides Neto)

O reordenamento viário nas a ruas 15 de Novembro, 7 de setembro e Anhanduí, devido à reforma e ampliação do Mercado Municipal Antônio Valente, mais conhecido como Mercadão, no Centro de Campo Grande, tem dividido opiniões entre os motoristas. Alguns reclamam que a mudança prejudicou ainda mais o fluxo de veículos, que já era caótica na região, e outros gostaram da ideia de ter o estacionamento do estabelecimento ampliado.

Veja Mais
Pedestres, comerciantes e motoristas aprovam mudanças nas ruas do Mercadão
Reforma em Mercadão muda o trânsito de três ruas no Centro

Com o reordenamento, a rua Anhanduí se tornou mão única, no sentido bairro/centro e ganhou o novo portão entrada do Mercadão. Quem desce pela 15 de Novembro não pode mais fazer conversão à esquerda na Anhanduí para chegar à Rua 26 de Agosto, como acontecia antes.

Outra mudança, é a retirada do trecho da Rua 7 de Setembro em frente ao Mercadão, que fazia ligação à Rua 26 de Agosto. Agora quem trafega pela 26 de Agosto não pode mais fazer conversão à esquerda para entrar na 7 de Setembro. Para orientar os motoristas, a Agetran (Agência municipal de Transporte e Trânsito) sinalizou as proibições com cones laranjados.

Para a professora Priscila Barbosa, 22 anos, o trânsito ficará complicado para quem ainda não sabe do reordenamento viário. “Eu mesmo não tinha percebido a mudança. Acredito que no começo as pessoas ficarão confusas, por isso deveria haver mais divulgação sobre o fato”, comentou.

Conforme o comerciante José Xavier, 50 anos, a mudança não melhorou o fluxo de veículos no local, muito pelo contrário, piorou. “Não melhorou muita coisa não, ficou pior, por que quem precisa pegar a 26 de Agosto, por exemplo, precisa descer até a Ernesto Geisel, depois dobrar a esquerda e subir, ou seja, o caminho ficou mais longo”, destacou.

Novo portão do Mercadão fica na Rua Anhanduí. (Foto: Alcides Neto)Novo portão do Mercadão fica na Rua Anhanduí. (Foto: Alcides Neto)
Condutora disse que reordenamento ainda está confuso. (Foto: Alcides Neto)Condutora disse que reordenamento ainda está confuso. (Foto: Alcides Neto)

Já o motoentregador Nocildo Monteiro, 54 anos, que faz a mudança veio para melhor. “Ficou bom, por que deixou o trânsito muito mais organizado. Eu que passo por aqui todos os dias sei que antes este pedaço era bem tumultuado, principalmente no horário de pico e durante os finais de semana”, mencionou.

Projeto - Esta primeira fase da revitalização do centro comercial, conforme acordo com prefeito Gilmar Olarte (PP) , Associmec (Associação dos comerciantes do Mercado Municipal Antônio Valente) e mercadistas. O chefe do executivo garantiu a execução do projeto em sua administração, por etapas. A posição foi adotada durante a reunião para tratar da retomada e análise de adequações ao projeto.

O projeto de revitalização da área do Mercadão prevê ainda a ampliação do espaço que abriga a tradicional feira indígena, que deve avançar para a rua interligando a praça ao mercado, que assim também tem garantido a ampliação das vagas de estacionamento do local.

As obras são executadas pela Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação).

Segundo a diretora-presidente da Agetran, Beth Felix, as mudanças visam dar maior fluidez ao trânsito na região. Uma das ações visam melhorar o acesso ao Mercadão, segundo a dirigente.

Com mudança, Rua Anhanduí virou mão única. (Foto: Alcides Neto)Com mudança, Rua Anhanduí virou mão única. (Foto: Alcides Neto)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions