A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

20/10/2014 16:30

Sem contar mês violento, mortes em rodovias federais aumentam 5%

Lidiane Kober
A BR-163 segue a mais violenta, com 75 mortes, de janeiro a setembro de 2014 (Foto: Marcos Ermínio)A BR-163 segue a mais violenta, com 75 mortes, de janeiro a setembro de 2014 (Foto: Marcos Ermínio)

Mesmo sem contabilizar mês violento, as mortes em rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul aumentaram 5% nos nove primeiros meses de 2014, em comparação ao mesmo período do ano passado. No total, 183 pessoas perderam a vida, de janeiro a setembro, contra 174, em 2013. Os dados são da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Veja Mais
Picape tenta ultrapassar moto e acaba matando ciclista na BR-262
Carro sai da pista, bate em árvore e mata três mulheres e duas crianças

O levantamento não inclui óbitos registrados nos 20 dias de outubro. Até agora, conforme pesquisa do Campo Grande News, ocorreram 13 mortes. Somente no dia 13, cinco pessoas perderam a vida, entre elas duas crianças, em acidente de trânsito, na BR-262, próximo da Fundação Bradesco, em Miranda, 201 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a Polícia Civil, eles estavam em Renault Sandero, com placas de Belo Horizonte (MG), que bateu em uma árvore. As vítimas são Dilza Arnaldo, 43 anos, Rita de Cássia Novaes, 37, Tami Crisla Ifran de Oliveira, 37. Também morreram duas crianças, Davi Oliveira Farias de Barros, 3 anos, e Felipe Rodrigues Novaes, 4 anos.

De janeiro a setembro deste ano, a rodovia mais violenta, ainda segundo levantamento da PRF, foi a BR-163, com 75 óbitos. Na segundo posto do ranking, aparece a rodovia 262, com 35 mortes, seguida de perto pela BR-060 (33). Na BR-419, ninguém perdeu a vida neste mesmo período.

Menos acidentes – Ao mesmo tempo, de acordo com a PRF, o número de acidentes nas oito rodovias federais, que cortam o Estado, diminuiu 10,8%. Nos nove primeiros meses de 2014, foram registradas 2.436 ocorrências contra 2.734, no mesmo período do ano passado. Em média, foram 270,6 acidentes por mês e nove, por dia.

De 2010 a 2013, o ano passado foi o mais violento nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. De janeiro a dezembro, foram 3.717 acidentes e 236 mortes. Antes, o recorde de óbitos foi observado em 2011, quando 226 perderam a vida.

Picape tenta ultrapassar moto e acaba matando ciclista na BR-262
O ciclista Odair Ferreira da Silva, 20 anos, morreu atropelado por uma picape na noite de ontem (19), na BR-262, próximo ao posto da PMA (Polícia Mil...
Carro sai da pista, bate em árvore e mata três mulheres e duas crianças
Cinco pessoas morreram, entre elas duas crianças, em acidente de trânsito nesta segunda-feira (13), na rodovia BR-262, próximo da Fundação Bradesco, ...
Viatura do Samu atropela jovem vítima de acidente ao ir resgatá-lo na BR-163
Um rapaz de 20 anos foi atropelado por uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na madrugada de hoje (13) na BR-163, próximo ao...
Queda mata motociclista de 51 anos na rodovia BR-262, na Capital
O motociclista Daniel Gomes da Silva, 51 anos, morreu no hospital na noite de ontem (11), após cair de moto, na BR-262, no acesso a entrada do Comple...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions