A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

09/08/2015 11:59

Veloster invade preferencial e atinge Uno que capota na Lúdio Coelho

Ângela Kempfer e Leonardo Rocha
Uno capotou depois que Veloster invadiu a preferencial. (Foto: Marcos Ermínio)Uno capotou depois que Veloster invadiu a preferencial. (Foto: Marcos Ermínio)
Veloster ficou destruído. (Foto: Marcos Ermínio)Veloster ficou destruído. (Foto: Marcos Ermínio)

Acidente no fim da manhã deste domingo, na Avenida Lúdio Martins Coelho, danificou bastante 2 veículos, mas nenhum ocupante teve ferimentos graves.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

O motorista de um Veloster admitiu que invadiu a preferencial e atingiu um Uno que trafegava na avenida, na altura do bairro taveirópolis. Os dois carros rodaram na pista e o menor acabou capotando.

Luis Albarezi, de 21 anos, dirigia o Veloster, ao lado da esposa. Quando saia da rua João Ribeiro Guimarães, ele garante que obedece a placa de “Pare”, mas não viu nenhum outro veículo no cruzamento com a Lúdio Coelho. Ao avançar, atingiu o Uno onde estava Antônio Espínola, de 49 anos.

O motorista do Veloster teve ferimento no braço e escoriações no rosto, mas a esposa nada sofreu. Antônio cortou o supercílio, mas foi encaminhado à Santa Casa para exames mais detalhes.

O irmão do Antônio, Veridiano Espínola, de 55 anos, esteve no local e contou que ambos são pedreiros. “Ele tinha ido buscar a esposa para voltar para o almoço do Dia dos Pais”, explicou.

Revoltado com o que a falta de atenção poderia ter provocado, ele defende mais rigor. “Espero que a legislação no futuro possa punir esse tipo de acidente, seja mais dura. Porque poderia provocar tragédia maior”, comenta.

Placa de Pare no cruzamento com a Lúdio Coelho.Placa de Pare no cruzamento com a Lúdio Coelho.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions