A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

21/03/2016 10:10

Audi TTS Coupé chega ao Brasil

O modelo chega no mercado nacional por R$ 299.990

Márcio Martins
Foto divulgaçãoFoto divulgação

A Audi anuncia a chegada ao mercado brasileiro da versão mais apimentada do TT, o TTS Coupé. Em versão única de acabamento, o carro tem preço sugerido de R$ 299.990. O esportivo faz parte da exclusiva linha de modelos S da marca, caracterizada pelo alto desempenho, dirigibilidade excepcional e acabamento diferenciado.

Veja Mais
Ford apresenta o Mustang Black Shadow E Blue Edition para A Europa
Volkswagen apresenta a picape Amarok 2017

Tanto a versão cupê como a conversível são equipadas com o motor 2.0 TFSI, entre as novidades estão: injeção indireta de combustível, o sistema Audivalvelift para as válvulas de exaustão e o gerenciamento térmico com integração do coletor de escapamento ao cabeçote.

O baixo peso do carro também contribui para diminuir o consumo de combustível. O TTS Coupé tem peso líquido de apenas 1.365 kg, graças ao uso de aços de ultrarresistência e alumínio em sua carroceria.

Audi TTS Coupé chega ao Brasil

O TTS transfere sua força para a estrada por meio da tração integral permanente quattro. As rodas têm 19 polegadas de diâmetro e direção progressiva. Já a carroceria é 10 mm mais próxima do solo que na versão comum. Nas rodas dianteiras, são usadas pinças fixas de alumínio de baixo peso, com grandes discos de freios, garantindo a maior eficiência de frenagem exigida pelo comportamento dinâmico mais agressivo dos modelos S.

No interior, os exclusivos bancos esportivos com apoios de cabeça integrados também seguem os princípios de design com baixo peso. No painel, o Audi virtual cockpit oferece um modo de exibição especial S, no qual um grande conta-giros se destaca como peça central.

Audi TTS Coupé chega ao Brasil

Interior

O design interno segue a regra do "menos é mais", com linhas claras destacam a leveza e a esportividade. O conjunto de instrumentos e a tela MMI se combinam para formar uma unidade digital central, o Audi Virtual Cockpit.

Os controles do sistema de ar-condicionado são integrados às saídas de ventilação, reduzindo os elementos de comando presentes no painel - o controle selecionado é indicado em pequenos mostradores. O painel de controle horizontal fica sob as aberturas de ar, onde interruptores com design tridimensional ativam as luzes de emergência, o sistema Audi Drive Select e as funções de assistência.

Os exclusivos bancos S têm apoios de cabeça integrados e são revestidos de couro Napa Fina. Envolventes e oferecendo apoio lateral nas curvas, eles têm estrutura mais leve, contribuindo para a redução geral no peso do carro. Há três opções de cores de estofamento: cinza, preta ou vermelha.

O volante multifuncional tem aro com base reta e raios com revestimento com aparência de alumínio. O airbag frontal do motorista ocupa 40% menos espaço sem comprometer a segurança, contribuindo para a sensação de leveza visual. Outros destaques são a alavanca de câmbio com novo design, o botão rotativo de pressão MMI altamente preciso e as coberturas de alto-falantes finamente acabadas com guias luminosas do sistema de som Bang & Olufsen de série.

O AudiTTS Coupé e o TTS Roadster se destacam pelas grandes rodas com 19 polegadas de diâmetro, que permitem ver por entre os raios as pinças de freios vermelhas. Outro detalhe exclusivo dos modelos S é a cobertura dos espelhos retrovisores externos de alumínio. Ainda na lateral, as soleiras das portas têm acabamento exclusivo.

Como em toda a linha TT, a dianteira é dominada pelas linhas horizontais, que acentuam a impressão de que o carro está colado à pista. O efeito é acentuado nos TTS pelo rebaixamento da suspensão em 10 mm. A grade dianteira Singleframe é larga e baixa, dividida em duas zonas. Linhas afiladas que se originam junto à grade formam um V sobre o capô, que ostenta ao centro os quatro anéis da Audi. O design funcional das grandes entradas de ar inclui elementos que direcionam parte do fluxo aerodinâmico da dianteira para as laterais do carro.

Audi TTS Coupé chega ao Brasil

O TTS traz de série faróis Full Led com ajuste automático de altura. As lanternas direcionais são. A abertura do tanque de combustível, no lado direito, logo atrás da cabine, é clássica, formada por um círculo cercado de parafusos. Basta um leve toque no logo TT para abri-la. O formato remete à primeira geração do modelo. A mangueira pode entrar diretamente no bocal do tanque, como acontece nos carros de corrida – já que não existe mais a tampa rosqueada.

Na traseira, linhas horizontais salientam a impressão de largura esportiva do TTS. As lanternas possuem luzes direcionais dinâmicas e trazem uma faixa que forma um contorno de luzes de condução diurna, outra inovação da Audi. A terceira luz do freio é extremamente fina e tem um papel essencial na definição da silhueta das luzes traseiras.

Quando o carro atinge 120 km/h, um defletor se levanta na tampa do porta-malas para melhorar tanto a resistência aerodinâmica como a força vertical. Reforçando o aspecto dinâmico e a esportividade, a traseira é arrematada por duas grandes ponteiras de escapamento duplas.

Motor

O TTS vem equipado com o motor 2.0 TFSI que gera 286 cv de potência. O motor reúne várias tecnologias ultramodernas, como sistema de injeção indireta adicional complementando a injeção direta, sistema de levantamento de válvulas (Audi Valvelift System – AVS) para ajustar o curso das válvulas de exaustão e coletor de escapamento integrado ao cabeçote.

O torque máximo, de 380 Nm, é disponibilizado entre 1.800 e 5.200 rpm. Ele acelera o TTS Coupé de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos, levando à velocidade máxima (limitada eletronicamente) de 250 km/h. A transmissão S tronic de dupla embreagem e seis marchas realiza trocas sem interrupções perceptíveis na tração e, em modo manual, pode ser controlada por aletas atrás do volante.

O TTS tem tração integral permanente nas quatro rodas. O sistema quattro, exclusividade da Audi, distribui a força do motor entre os eixos dianteiro e traseiro conforme a necessidade do momento, garantindo o máximo de aderência ao longo das curvas. Em pisos escorregadios, o controle de tração eleva a segurança de condução, evitando que as rodas girem em falso na maior parte das situações.

O controle eletrônico de estabilidade (ESC), que pode ser desativado tanto parcial como totalmente, complementa perfeitamente a dirigibilidade esportiva do carro. Em curvas fechadas, a vetorização de torque entra em ação. O modo Dynamic do Drive Select facilita especialmente a condução mais rápida, facilitando o esterço e controlando as derrapagens.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.