A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

19/03/2013 08:50

Durango chega ao brasil oferecendo espaço e conforto para sete ocupantes

O modelo é oferecido em duas versões, Crew (R$ 179.900) e Citadel (R$ 199.900)

Márcio Martins
Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

O Durango, utilitário esportivo da Dodge foi apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo no ano passado e vendido no mercado brasileiro desde janeiro, mas lançado oficialmente na última sexta-feira (15), junto com o Jeep Grand Cherokee CRD.

Veja Mais
Ford apresenta o Mustang Black Shadow E Blue Edition para A Europa
Volkswagen apresenta a picape Amarok 2017


O modelo pesa 2.312 kg e para empurrar todo esse peso, a missão fica por conta do motor Pentastar de 3.6 litros V6 de 286 cavalos de potência e 35,4 kgfm de torque a 4.300 rpm. A transmissão é automática de cinco marchas e a tração é integral permanente. Ele é o mesmo que equipa Jeep Grand Cherokee, Chrysler Town & Country, Dodge Journey, Jeep Wrangler e Chrysler 300.

Durango chega ao brasil oferecendo espaço e conforto para sete ocupantes

Entre os concorrentes estão Chevrolet Trailblazer LTZ V6 3,6 (R$ 145.450), Ford Edge Limited V6 3,5 AWD (R$ 147.450), Hyundai Veracruz GLS V6 3,8 (R$ 128 mil), Kia Mohave EX V6 3,8 (R$ 169.900), Mitsubishi Pajero Full HPE V6 3,8 (R$ 182 mil), Toyota Hilux SW4 SRV 3,0 turbodiesel (R$ 181.910) e, curiosamente, o “irmão” Grand Cherokee Limited V6 3,6 aos mesmos R$ 179.900.


Visualmente, o Durango tem a frente agressiva, a grade frontal estilosa reforça essa imponência e a sensação de ter um carro com resistência, porém seus atributos não negam o apelo familiar. A começar pelo tamanho. São 5,07 metros de comprimento, 2,17 m de largura, 1,80 m de altura e 3,04 metros de entre-eixos. Seu porta-malas, tem acionamento elétrico e tem capacidade de levar 490 l ou 2.390 litros, dependendo da configuração dos bancos, com 28 combinações diferentes. Segundo dados do fabricante, o tanque tem capacidade de 93,1 litros, dando uma autonomia de 882 quilômetros.

Durango chega ao brasil oferecendo espaço e conforto para sete ocupantes

Apesar de grandalhão, tem um consumo razoável pelo seu porte, segundo a Chrysler, as medições realizadas nos Estados Unidos, indicam consumo de 6,8 km/ na cidade e 9,8 km/l na estrada.


Na lista de equipamentos de série, o modelo oferece, ar-condicionado de três zonas; airbags dianteiros e laterais (tipo cortina, também para os ocupantes traseiros); freios a disco ventilado nas quatro rodas com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição da força de frenagem); controle eletrônico de tração e de estabilidade, faróis com LEDs; auxílio eletrônico em aclives e declives; revestimento interno de couro; bancos dianteiros com ajustes elétricos e memorizador (e ainda com opção de aquecimento para primeira e segunda fileiras); coluna de direção ajustável em altura e profundidade; câmera de ré; sistema multimídia com leitor de CD e DVD, HD interno de 30 gb, nove alto-falantes com subwoofer e amplificador, Bluetooth com comando de voz e tela de 6,5 polegadas de LCD no painel e rodas de alumínio de 18 polegadas.

Durango chega ao brasil oferecendo espaço e conforto para sete ocupantes
Durango chega ao brasil oferecendo espaço e conforto para sete ocupantes

 

 

 

 

 

 

Já na versão topo vem ainda com bancos dianteiros ventilados, faróis de xenônio, console de teto traseiro, maçanetas das portas cromadas, nivelamento automático do facho dos faróis, painéis das portas forrados em couro, rede de proteção de carga, rodas de alumínio cromadas de 20'', sistema de entretenimento traseiro com tela de DVD de 10'', teto solar elétrico e volante aquecido e revestido em couro perfurado.

Haverá oito opções de cores para a carroceria: prata, branco, preto, vermelho, grafite, cinza, marrom e azul marinho. Para a cabine, a configuração Crew tem duas possibilidades de revestimento: preto e cinza claro. A Citadel oferece as alternativas de preto e preto com beg

Durango chega ao brasil oferecendo espaço e conforto para sete ocupantes

A meta da marca é emplacar 700 unidades no país em um ano, pois sendo que 60% deles da versão topo de linha Citadel, que custa R$ 199,9 mil.

 

 

Ficha técnica do Dodge Durango

Motor: A gasolina, dianteiro, longitudinal, 3.604 cm³, seis cilindros em V, quatro válvulas por cilindro, duplo comando e sistema de abertura variável de válvulas. Injeção eletrônica multiponto sequencial e acelerador eletrônico.
Transmissão: Câmbio automático com cinco marchas à frente e uma a ré. Tração integral. Oferece controle de tração.
Potência máxima: 286 cv a 6.350 rpm.
Torque máximo: 35,4 kgfm a 4.300 rpm.
Diâmetro e curso: 36,0 mm X 83,0 mm. Taxa de compressão: 10,2:1.
Suspensão: Dianteira independente com braços curtos, molas helicoidais, amortecedores a gás, barra estabilizadora e braços de controle inferior e superior. Traseira independente do tipo Multilink com molas helicoidais, amortecedores a gás, braço de controle inferior e superior. Oferece controle eletrônico de estabilidade de série.
Pneus: 265/60 R18 (265/50 R20 na versão Citadel).
Freios: Discos ventilados na frente e sólidos atrás. Oferece ABS com EBD.
Carroceria: Utilitário esportivo montado em monobloco, com quatro portas e sete lugares. Com 5,07 metros de comprimento, 1,92 m de largura, 1,80 m de altura e 3,04 m de entre-eixos. Oferece airbags frontais e de cortina de série.
Peso: 2.262 kg (2.312 kg na versão Citadel).
Altura mínima do solo: 24,1 cm.
Ângulo de ataque: 17,8º.
Ângulo de saída: 21,4º.
Capacidade do porta-malas: de 490 a 2.390 litros.
Tanque de combustível: 93,1 litros.
Produção: Detroit, Estados Unidos.
Lançamento: 2011.
Lançamento no Brasil: 2013.
Preço: R$ 179.900 na versão Crew e R$ 199.900 na versão Citadel.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.