A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

30/11/2015 10:18

Vito chega ao mercado brasileiro com opção diesel e flex

Modelo chega para preencher espaço deixado pela falecida Kombi

Márcio Martins
Fotos Márcio MartinsFotos Márcio Martins

A Mercedes-Benz apresentou ao mercado brasileiro a sua Van de pequeno porte VITO. O veículo foi mostrado a impressa nacional na capital paulista, logo depois os jornalistas puderam testa-lo em uma viagem de São Paulo a São Roque – SP, com test-drive de aproximadamente de 330 km ida e volta, onde foi possível dirigir o carro nas rodovias e também num trecho de interior, passando por dentro de cidades e também na famosa estrada do vinho, até um restaurante muito aconchegante.

Veja Mais
Telemetria – das pistas para o seu carro
Ford apresenta o Mustang Black Shadow E Blue Edition para A Europa

No trajeto de ida dirigimos o veículo destinado a transporte de cargas equipado com motor turbo diesel e na volta com motor turbo flex para transporte de passageiros.

 

Vito conta com opção de motores turbo diesel e turbo flex (Foto Márcio Martins)Vito conta com opção de motores turbo diesel e turbo flex (Foto Márcio Martins)
(Foto Márcio Martins)(Foto Márcio Martins)

Motor turbo diesel para o furgão e turbo flex para van

O furgão Vito 111 CDI sai de fábrica com motor turbo diesel OM 622 LA de 4 cilindros e 1,6 litro de cilindrada, o motor gera 114 cv de potência a 3.800 RPM, com torque máximo de 270 Nm entre 1.500 e 2.500 RPM. Este motor é fruto de um programa de redução sistemática da cilindrada em prol de um baixo consumo de combustível, bem como de um peso reduzido para aumento da carga útil.

Para a van Vito Tourer 119 está disponível o motor turbo flex (gasolina e etanol) M274 de 4 cilindros e 2 litros, com 184 cv de potência a 5.500 RPM, com torque máximo de 300 Nm entre 1.250 e 4.000 RPM. Ambas as versões vem equipada com câmbio de seis marchas.

O objetivo da marca é apresentar uma solução de um veículo com ótimo espaço e capacidade de carga mas em uma Van pequena, uma ótima opção para quem trafega em grandes cidades e não tem necessidade de uma Van grande.

Trajeto entre a capital paulista e a cidade de São Roque - SP  (Foto Márcio Martins)Trajeto entre a capital paulista e a cidade de São Roque - SP (Foto Márcio Martins)
Ponto de parada para troca de motoristas  (Foto Márcio Martins)Ponto de parada para troca de motoristas (Foto Márcio Martins)

Impressões ao dirigir

No trajeto das ótimas estradas de São Paulo, o motor turbo diesel impressionou pela força de sobra, pois o torque é o ponto forte do diesel, principalmente acima dos 2.000 giros; o câmbio de seis marchas com Overdrive deixou a condução muito prazerosa evitando as trocas de marchas mesmo quando em baixa velocidade numa ultrapassagem, sem necessidade de diminuir uma marcha para ganhar em retomadas, porém o teste foi feito com o veículo vazio.

Durante o trajeto na cidade em passagens em quebra-molas por exemplo, o motor turbo diesel era um pouco sonolento abaixo dos 1.800 giros, mas após essa rotação a van deslancha com vigor. A direção elétrica ajuda muito em manobras em qualquer terreno. A marca pecou pela falta de um retrovisor elétrico na versão mais barata de carga, que para ajusta-lo precisa ser feito com a mão no vidro, nem se quer tem um ajuste manual pelo lado de dentro.

Foi possível testar também o modelo em trechos de trânsito intenso como foi na volta de São Roque até o aeroporto de Congonhas, com direito a congestionamentos em quase todo o trecho, utilizamos o veículo Vito Tourer equipado com motor turbo flex, com capacidade de 8 passageiros (veja detalhes deste veículo logo abaixo). A versão passageiro luxo que testamos é bem confortável, durante os congestionamentos trocas de marchas frequentes não gerou cansaço e estresse para quem vai dirigindo.

Versões de passageiros e carga  (Foto Márcio Martins)Versões de passageiros e carga (Foto Márcio Martins)
(Foto Márcio Martins)(Foto Márcio Martins)

Segurança, de série:

Attention Assist (Assistente de monitoramento de cansaço) – Analisa o comportamento do condutor ao volante e, caso identifique sinais de cansaço e baixo nível de atenção do motorista, recomenda uma pausa por meio de sinal do painel e de um aviso sonoro.

Hill Start Assist (Assistente de partida em rampa) – O sistema mantém o veículo freado nas partidas em terrenos inclinados, de modo que o motorista tenha tempo de tirar o pé do pedal de freio e colocar no acelerador sem que o veículo se desloque de forma indesejada.

Crosswind Assist (Assistente de vento lateral) - Por meio do acionamento unilateral dos freios, ameniza o efeito de ventos laterais, fazendo com que o veículo mantenha sua trajetória com maior segurança. Uma mensagem no painel informa o motorista que o sistema está ativo.

Segurança ativa e passiva

O Vito chega ao mercado brasileiro posicionando-se como referência em segurança ativa. Ele conta com a mais moderna versão do Programa Eletrônico de Estabilidade exclusivo da Mercedes-Benz, o ESP Adaptativo 9.1i®, que reduz notavelmente as chances de ocorrência de derrapagem, colisão e capotamento do veículo.

Além dos assistentes de condução já citados, o programa ESP Adaptativo 9.1i® também contém outros sistemas já amplamente conhecidos:
• ABS (Sistema Antibloqueio de Freios) – Evita o travamento das rodas mesmo em frenagens bruscas.
• ASR (Sistema de Controle de Tração) – Evita que as rodas patinem.
• BAS (Servofreio de Emergência) – Reconhece a velocidade de acionamento do freio e reduz a distância de frenagem.
• EBV (Distribuição Eletrônica da Força de Frenagem) – Ajusta a força de frenagem do veiculo em situações críticas.

A fim de evitar colisões traseiras, luzes de freio adaptativas entram em ação. Elas sinalizam uma frenagem de emergência para o condutor do veículo que vem atrás, podendo assim melhorar seu tempo de reação.

Interior da versão Luxo  (Foto Márcio Martins)Interior da versão Luxo (Foto Márcio Martins)
Leva 7 passageiros mais o motorista (Foto Márcio Martins)Leva 7 passageiros mais o motorista (Foto Márcio Martins)

Espaço interno

No interior do Vito, os ocupantes desfrutam de comodidade e praticidade, com excelente ergonomia. A começar pelos bancos muito confortáveis, com ampla superfície do assento e um generoso espaço entre as fileiras de bancos, oferecendo excelente acomodação.

No compartimento de passageiros da van, os seis bancos são de fácil remoção, o que permite maior flexibilidade de utilização, podendo aumentar o espaço disponível para transporte de bagagens. Além disso, na versão Vito Tourer Luxo, o cliente pode desfrutar de bancos em courino, assentos com encosto reclináveis para passageiros, banco para motorista e acompanhante com regulagem de altura, profundidade e inclinação do encosto.

Todos os comandos estão ao alcance das mãos, com destaque para o rádio, de série, com conexão Bluetooth, entrada USB e cartão SD e, para a versão Tourer Luxo, o volante multifuncional. A isso se soma o conjunto de vários compartimentos, que oferece numerosas possibilidades para guardar objetos, tanto sob o painel de instrumentos, como nas bolsas das portas.

Modelo versão diesel de carga  (Foto Márcio Martins)Modelo versão diesel de carga (Foto Márcio Martins)

Dimensões

O acesso a lugares com restrições de altura – como, por exemplo, estacionamentos de shopping centers, hotéis, prédios ou hospitais – está garantido com o Vito, que tem 1.910 mm de altura, 5.140 mm de comprimento, 2.249 mm de largura (incluindo retrovisores) e com 3.200 mm de distância entre eixos.

As operações de carga e descarga são facilitadas pela porta traseira de abertura vertical com grande vão livre (1.261 mm de altura e 1.391 mm de largura) e pela baixa altura do veículo em relação ao solo. A porta lateral, com 1.252 mm de altura e 961 mm de largura, também proporciona praticidade de acesso.

Além disso, a manobrabilidade do Vito é excelente, graças à direção elétrica de série e o reduzido diâmetro de giro, que varia de 11,8 metros (van) a 12,9 metros (furgão).

Com PBT de 3.050 kg, os novos Mercedes-Benz chegam ao Brasil nos modelos Vito 111 CDI turbo diesel (furgão para transporte de cargas) e Vito Tourer 119 turbo flex (van de passageiros). Com isso, a marca amplia ainda mais a oferta de veículos comerciais leves no País, mercado já atendido com a linha Sprinter no segmento de large vans (3.500 a 5.000 kg de PBT).

Versão Confort flex de passageiros  (Foto Márcio Martins)Versão Confort flex de passageiros (Foto Márcio Martins)

Versões

Furgão Vito 111 CDI – equipado com motor turbo diesel, disponibiliza 1.225 kg de carga útil e 6 m³ de volume de carga. Além do excelente espaço do compartimento para transporte de mercadorias, que é revestido com piso naval e nas laterais, oferece conforto e praticidade para o motorista e acompanhantes e será comercializado com ou sem ar condicionado.

Van Vito Tourer 119 – equipado com motor turbo flex, em duas versões:
• “Comfort 8+1” – Capacidade para oito passageiros mais o motorista, oferecendo um exclusivo pacote de segurança e conforto, com destaque para ar condicionado frontal e traseiro.
• “Luxo 7+1” – Transporta com muito conforto sete passageiros e o motorista, destacando-se pelos assentos de courino com inclinação individual. Além dos equipamentos da versão “Comfort”, possui volante multifuncional, painel de equipamentos exclusivos e design diferenciado, constituído de farol de neblina, para-choque na cor do veículo e rodas de liga leve.

Valores

Vito Furgão: 104.990,00
Vito Passageiro Confort: R$ 129.990,0
Vito Passageiro Luxo: R$ 139.990,00

(Fotos da galeria abaixo são de divulgação da Mercedes-Benz)




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.