A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

07/11/2016 10:00

"Foi uma rajada de tiros", diz testemunha de atentado no Guanandi

Viviane Oliveira e Willian Leite
Pano manchado de sangue, hoje de manhã, na calçada da Rua Corá. (Foto: Marcos Ermínio)Pano manchado de sangue, hoje de manhã, na calçada da Rua Corá. (Foto: Marcos Ermínio)
Beco que os bandidos chegaram e fugiram após o crime. (Foto: Marcos Ermínio) Beco que os bandidos chegaram e fugiram após o crime. (Foto: Marcos Ermínio)

Na manhã desta segunda-feira (7), ainda é tenso o clima na rua Corá, no Bairro Guanandi, onde dois homens morreram e três ficaram feridos em atentado ocorrido na noite de domingo (6).

Veja Mais
Dois morreram e três ficaram feridos em atentado no Bairro Guanandi
Duas pessoas morreram em noite com mais de 20 disparos no Guanandi

Assustada, uma vizinha de 65 anos contou que foi uma rajada de tiros. Ela chegou a imaginar que era barulho de escapamento de moto.

A mulher é avó da esposa de um dos rapazes que morreu no hospital. “Depois de ouvir o barulho, saí de casa para ver o que tinha acontecido e encontrei os meninos estendidos no chão”, lamenta a idosa.

Segundo testemunhas, as vítimas estavam sentadas em frente à casa onde ocorria um chá de fraldas, quando dois homens chegaram e perguntaram por alguém conhecido na região como 'Igrejinha'. A polícia acredita que houve discussão e os rapazes descarregaram dois revólveres calibre 38 em direção às vítimas.

Os moradores da região e principalmente da rua onde ocorreu o crime têm receio de falar sobre o caso. Eles dizem que o bairro sempre foi perigoso por causa das brigas de gangue e do tráfico de drogas.

Atentado - Dois jovens morreram e três ficaram feridos no atentado. Alex Duarte Ferreira, 17 anos, foi baleado com tiro na cabeça e morreu dentro da viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Mikael Vinícius Godoy Rolon, 22 anos, também chegou a ser socorrido para o Hospital Regional, mas não resistiu.

Dois homens, 16 e 22 anos, foram feridos a tiros e estão internados. O garoto mais novo passou por cirurgia na Santa Casa e deve passar por outra no braço. Um adolescente de 13 anos foi agredido com coronhada na cabeça, quando os bandidos fugiam por um beco, que dá acesso a Avenida Ernesto Geisel. Os suspeitos ainda não foram presos pela polícia. Segundo testemunhas, o motivo do crime foi uma rixa entre grupos rivais.

Tiroteio deixa um morto e pelo menos três feridos no bairro Guanandi
Tiroteio deixou um morto e pelo menos três feridos na noite deste domingo (6) próximo do quartel do Corpo de Bombeiros, do bairro Guanandi, em Campo ...
Passageiros da rodoviária poderão enviar cartões de Natal gratuitamente
O Terminal Rodoviária de Campo Grande realizará entre os dias 8 e 23 deste mês a campanha Cartão Social Socicam, que oferece gratuitamente o envio de...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions