A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

11/05/2015 17:21

Caravana da Saúde realiza mais de 130 cirurgias até o dia 17

Renata Volpe Haddad
Mais de 130 cirurgias gerais, ortopédicas e ginecológicas serão realizadas em Ponta Porã. (Fotos: Divulgação/Jessica Barbosa)Mais de 130 cirurgias gerais, ortopédicas e ginecológicas serão realizadas em Ponta Porã. (Fotos: Divulgação/Jessica Barbosa)

A Caravana da Saúde está em Ponta Porã e tem mais de 130 cirurgias agendadas até o dia 17 de maio, além de 100 procedimentos de endoscopia. As atuações com especialidades em cirurgia geral, ginecologia e ortopedia, são realizadas no Hospital Regional do município, que fica responsável pelo maior número de cirurgias eletivas.

Veja Mais
Caravana já realizou mais de 4 mil consultas oftalmológicas na 2° edição
Caravana já realizou mais 3 mil consultas na sua 2° edição em Ponta Porã

Segundo o governo estadual, no último dia 30 de abril, mais de R$ 3,7 milhões em equipamentos foram entregues ao hospital, entre eles um tomógrafo, um aparelho de raio-x digital, mamógrafo e dois aparelhos de ultrassonografia.

De acordo com a diretora do Hospital Regional, a enfermeira Paula Cristina Correia de Barros, a participação do hospital na Caravana da Saúde diminui consideravelmente a fila de espera pelos atendimentos. “A rotina do hospital é outra desde a chegada dos novos equipamentos e do início das cirurgias”, destacou.

Fim da espera - Os procedimentos de endoscopia são feitos em pacientes que estavam há mais de um ano aguardando na fila de espera. Para o morador de Ponta Porã, Silvio Pinheiro da Silva, 30, a espera de 4 anos por uma vaga para cirurgia de hérnia terminou com a chegada da Caravana da Saúde. “Quando o exame detectou a hérnia tive que parar com o trabalho com cargas e buscar uma vaga para cirurgia. Era um transtorno por que eu teria que viajar para outra cidade e ainda aguardar vaga. É um beneficio para a população que está recebendo esta oportunidade de uma melhor qualidade de saúde”, afirmou.

Aguardando uma cirurgia de vesícula, a dona de casa Maria Aparecida Agostinho, 48, falou sobre a rotina de exames e as viagens frustradas em busca de atendimentos. “ Com a passagem da Caravana da Saúde em Ponta Porã a situação ficou mais favorável e possibilitou eu conseguir a cirurgia mais rapidamente”, comemorou.

As ações da Caravana continuam na Escola Estadual Sergio Marcondes a partir do dia 16 de maio, com a realização de exames e consultas além das cirurgias nas carretas oftalmológicas juntamente aos trabalhos de atendimento das entidades parceiras, entre elas: Hospital do Câncer, Apae, Polícia Militar, Senac, Sesi e Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions