A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

17/11/2014 10:17

Com novo hospital, Dourados espera mais dinheiro do Estado para atender região

Helio de Freitas, de Dourados
Construção do Hospital Regional é esperança da população de 34 municípios de receber melhor atendimento de saúde (Foto: Eliel Oliveira)Construção do Hospital Regional é esperança da população de 34 municípios de receber melhor atendimento de saúde (Foto: Eliel Oliveira)

A construção do Hospital Regional de Dourados, que será lançada hoje às 14h pelo governador André Puccinelli, é a esperança de melhor atendimento de saúde aos moradores de 34 municípios da região. Atualmente essas pessoas são atendidas no Hospital da Vida, que não tem estrutura suficiente para absorver toda a demanda.

Veja Mais
André autoriza dia 17 construção de hospital que vai atender 34 municípios
Hospital que atende pacientes de 33 cidades recebe reforma emergencial

Estimativa da Secretaria Municipal de Saúde aponta que 800 mil pessoas procuram atendimento de saúde em Dourados.

Em nota distribuída pela assessoria, a prefeitura de Dourados considerou complicada a situação para o município, por ter atender os moradores da região e, indiretamente, cobrou maior participação do Estado para garantir os serviços hospitalares às demais cidades. Dourados é referência regional em atendimento de saúde e possui gestão plena dos recursos vindos do Ministério da Saúde.

A prefeitura afirma que apesar de receber recursos “bem menores” que Campo Grande, assumiu o desafio de tocar o Hospital da Vida, antes administrado pelo Hospital Evangélico. “Foi um compromisso firmado para garantir que o atendimento de urgência e emergência não ficasse comprometido em Dourados e região. O novo sistema passa por adaptação, mas em pouco menos de três meses já apresenta mudanças”, diz a nota.

Em setembro deste ano, através de uma fundação municipal ligada à Secretaria de Saúde, a prefeitura assumiu o gerenciamento do Hospital da Vida e atualmente faz uma reforma emergencial no prédio para oferecer mais conforto aos pacientes.

Ainda conforme a prefeitura, a principal responsabilidade do município, que é o atendimento básico de saúde, tem recebido investimentos constantes, como reforma e ampliação de postos de saúde e implantação do sistema de interligação informatizada das unidades.

O município afirma que tem investido em saúde além do que é exigido por lei, para garantir melhor atendimento. “A busca é constante por recursos através de projetos planejados e, por conta disso, Dourados pode comemorar avanços. O Hospital Regional vem contribuir muito nesse processo”, diz a assessoria da prefeitura.

O hospital – A assinatura da ordem de serviço, que autoriza a empresa vencedora da licitação a começar a construção do prédio, será às 14h, no auditório da prefeitura de Dourados. Com R$ 19,9 milhões já liberados para a primeira etapa, o hospital terá 120 leitos e será construído numa área de 5 hectares, localizada nas margens da BR-463, na saída para Ponta Porã. A área de 50 mil metros quadrados foi doada ao Estado pelo empresário Adão Parizzoto, do ramo de armazenagem de grãos.

O extrato de contrato entre a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) e a empresa Stenge Engenharia Ltda. para a construção da primeira etapa do hospital foi publicado no dia 22 de outubro no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul. Após a assinatura da ordem de serviço, a empresa terá 540 dias para concluir a primeira etapa da obra.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions