A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

12/01/2015 15:10

Começa sessão para julgamento de quatro vereadores acusados de corrupção

Helio de Freitas, de Dourados
Com cartazes pedindo cassação, moradores lotam o plenário da Câmara para acompanhar sessão; Adriano é o segundo da direita para esquerda (Foto: Reginaldo de Souza)Com cartazes pedindo cassação, moradores lotam o plenário da Câmara para acompanhar sessão; Adriano é o segundo da direita para esquerda (Foto: Reginaldo de Souza)

Começou há pouco a sessão extraordinária da Câmara de Naviraí, cidade a 366 km de Campo Grande, para julgamento do ex-presidente da Casa, Cícero dos Santos, e dos vereadores Adriano José Silvério, Carlos Alberto Sanches, o Carlão, e Marcus Douglas Miranda. Eles são acusados de quebra de decoro após serem presos durante a Operação Atenas, da Polícia Federal, e denunciados pelo Ministério Público por crimes de corrupção, organização criminosa, peculato e fraude em licitações.

Veja Mais
“Sitiada” por manifestantes, Câmara faz sessão para julgar vereadores
Moradores acampam em frente à Câmara para pedir cassação de vereadores

O plenário da Câmara está lotado. Moradores carregando cartazes pedem a cassação dos acusados. Outro grupo permanece do lado de fora do prédio, onde dezenas de pessoas passaram a noite, dormindo em barracas montadas em frente ao Legislativo.

A sessão começou com a leitura do relatório, elaborado pelo relator da Comissão Processante, José Roberto Alves (PMDB). A leitura é feita pelo primeiro secretário da Câmara, José Odair Gallo (PDT). Tanto Alves quanto Gallo também foram denunciados pelo Ministério Público acusados de ligação no esquema de corrupção, mas a Justiça negou a denúncia.

Adriano, Carlão e Marcus Douglas estão presentes na sessão. Cícero dos Santos, que na semana passada foi expulso do PT, decidiu não comparecer na sessão de cassação.

O relatório de José Roberto Alves pede a absolvição de Adriano e Carlão da acusação de quebra de decoro e pede a cassação apenas de Cícero e Marcus Douglas, como já era esperado pelos moradores da cidade. Entretanto, o presidente da Comissão Processante, Márcio Scarlassara (PSDC), apresentou relatório divergente, pedindo a cassação dos quatro.

Plenário da Câmara está lotando; sessão deve seguir até o início da madrugada desta terça (Foto: Reginaldo de Souza)Plenário da Câmara está lotando; sessão deve seguir até o início da madrugada desta terça (Foto: Reginaldo de Souza)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions