A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

20/07/2015 19:27

Corumbá recebe investimentos e entra para a rota de São Paulo a partir de agosto

Renata Volpe Haddad
Aeroporto de Corumbá deve receber melhorias com investimentos do Programa de Aviação Regional. (Foto: Divulgação)Aeroporto de Corumbá deve receber melhorias com investimentos do Programa de Aviação Regional. (Foto: Divulgação)

Para fortalecer o transporte aéreo, a Prefeitura de Corumbá deve receber investimentos do Programa de Aviação Regional da SAC (Secretaria de Aviação Civil), da Presidência da República. A partir de agosto, voos de São Paulo saindo de Campinas, entram para rota de Corumbá, distante 419 km de Campo Grande.

Veja Mais
Blogueira famosa faz websérie em Corumbá, sem perder a pose no Rio Paraguai
Festa em embarcação, fogos e ruas lotadas fecham arraial em Corumbá

De acordo com o prefeito Paulo Duarte, meios de fortalecer a atividade do transporte aéreo na região já estão sendo articulados. "O turismo é algo muito importante para o município e estamos trabalhando para manter a rota de ida e volta para Campo Grande, até porque ela também é importante", comenta.

Sobre os problemas inconstantes de permanência de empresas aéreas que atuam com rotas que incluem Corumbá, o prefeito afirma que já iniciou as tratativas na esfera Federal. "Além dos voos de São Paulo, queremos que a rota para Campo Grande seja viável, pois é muito importante não apenas para o turismo e para o setor comercial e industrial, mas para a população em si”, avalia.

As ações do Programa de Aviação Regional, contribuem também para manter o aeroporto de Corumbá equipado para receber os turistas. "O nosso aeroporto, que quase se equipara com o da Capital em termos de pista, é melhor que todos os outros municípios do Estado”, analisa.

Conforme a diretora-presidente da Fundação de Turismo do Pantanal, Hélènemarie Dias Fernandes, os incentivos do programa, surgem como possibilidade de solucionar o “fantasma” da insegurança da permanência de empresas e rotas aéreas que incluem Corumbá. "Com os incentivos, o Governo Federal cria alternativas para as companhias aéreas, diminuindo as várias taxas que precisam ser pagas, inclusive subsidiando assentos na aeronave que pode totalizar até 50% dos lugares”, comentou.

Investimentos do Governo Federal - O investimento que totaliza R$ 7,3 bilhões, vai tornar o turismo mais acessível para os brasileiros. De acordo com a Secretaria de Aviação Civil, o Programa de Aviação Regional trabalha para diminuir a distância entre destino e visitante. Por meio do investimento em 270 terminais aeroportuários, 96% da população estará a 100 quilômetros de um aeroporto, no máximo.

Corumbá está entre as 34 cidades estratégicas para o desenvolvimento do turismo no país. Os destinos, contemplados pela Política Nacional de Turismo, foram selecionados em parceria com o Ministério do Turismo e contemplam regiões fora das capitais. O programa-piloto já começou a ser desenvolvido na Amazônia.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions