A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

26/10/2016 22:35

Delegacia inaugurada há 40 dias precisa ser interditada, afirma sindicato

Fernanda Yafusso
Celas ficaram totalmente destruídas após motim em delegacia de Chapadão do Sul (Foto: Sinpol-MS)Celas ficaram totalmente destruídas após motim em delegacia de Chapadão do Sul (Foto: Sinpol-MS)

A delegacia de Chapadão do Sul, município distante 321 km de Campo Grande, e que foi inaugurada há 40 dias, precisará ser interditada após o motim dos presos ocorrido na última sexta-feira (21), segundo o Sinpol-MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul).

Veja Mais
Delegacias no interior de MS estão em condições precárias, segundo sindicato
Médico e transferência para presídio teriam motivado motim em delegacia

De acordo com o sindicato, a interdição da unidade será necessária pois as celas foram totalmente depredadas e o local está sem as mínimas condições de continuar funcionando.

Os 20 presos do sexo masculino que estavam custodiados no local, foram transferidos para as penitenciárias de Cassilândia e Paranaíba, após o motim realizado na semana passada. Apenas uma presa do sexo feminino ainda permanece na delegacia.

Além da destruição, a unidade também apresenta inadequações, segundo o sindicato, como uma sala de ambulatório para que os presos recebam assistência médica no local. Situação que, segundo o Sinpol, desvirtua a finalidade do prédio de custodiar os presos provisoriamente.

Solução - Na terça-feira (25) o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, e o diretor-presidente da Agepen (Agência de Administração do Sistema Penitenciário), Ailton Stropa Garcia, também estiveram na unidade de Chapadão do Sul para analisar a situação após o motim.

Segundo o secretário, o governador determinou que providências fossem tomadas para a recuperação da estrutura da delegacia. Além de um maior empenho da Agepen para que realize a implantação de um estabelecimento penal na cidade.

O secretário e o diretor-presidente da Agepen, estiveram também no prédio da antiga delegacia, realizando uma inspeção. O local poderá ser revitalizado e ampliado, para abrigar um estabelecimento penal.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions