A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

23/06/2011 11:00

Dupla presa trocou carro de professor morto por cocaína e dólares

Aline dos Santos
Professor foi degolado e teve carro roubado em Corumbá. (Foto: Anderson Gallo)Professor foi degolado e teve carro roubado em Corumbá. (Foto: Anderson Gallo)

Acusados da morte do professor Ramão Jacinto Espíndola (47 anos), Fábio Nascimento, de 20 anos, e Luiz Alberto Cardoso, de 24 anos, teriam trocado o carro da vítima por 300 gramas de pasta base de cocaína e 200 dólares, equivalente a R$ 316. O professor tinha um Ford Ka. A dupla foi presa na manhã de hoje, em Corumbá.

Com eles, os policiais encontraram alguns pertences do professor e certa quantidade de droga. Os presos prestam depoimento ao delegado Jeferson Rosa Dias, do 1º Distrito Policial. Ramão foi morto na noite do dia 9 de junho.

De acordo com o Diário Online, Fábio teria relacionamento amoroso com o professor desde 2008 e junto com Luiz planejou a ação que resultou na morte de Espíndola.

A dupla matou o professor a facadas. Inicialmente, Luiz Alberto golpeou o peito de Ramão. Com o impacto, a faca quebrou Para confirmar a morte, Luiz pegou outra faca na cozinha da casa e degolou a vítima. Nas duas situações, Fábio segurava o professor para mantê-lo imobilizado.

O corpo de Ramão foi encontrado no dia 14. Ele foi morto na sua casa, no bairro Universitário, em Corumbá.

Durante a investigação, a polícia ouviu os suspeitos Thiago Sterfom da Silva, 18 anos, Jonathan Pedroso, 20 anos, Josué Cristiano da Silva, 20 anos, Renan Arruda de Souza, 18 anos. Os dois primeiros confessaram que tinham um relacionamento amoroso com Ramão e que sempre participava de festas em sua casa.

Dois homens são presos, suspeitos de assassinar professor em Corumbá
Dois homens foram presos no início da manhã desta quinta-feira, suspeitos de envolvimento no assasinato do professor Ramão Espíndola.A Polícia chegou...
Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...



hoje ta problematico comentar a respeito de homosexualismo, mas o resultado final desses romances de pessoas mais velhas com pessoas do mesmo sexo, se voce pegar as estatisticas sempre termina em assasinato, o homem mais novo normalmente quer ter uma familia uma mulher, dai se relaciona com um homem mais velho por causa de dinheiro, dai quando ele ve que o dinheiro nao e suficiente e ele ja se envolveu , fica com vergonha e quer apagar isso de qualquer maneira e sempre vira isso em crime, pode ler, estudar que e isso, entao esse negocio de homofobia tem entre eles mesmo, esse negocio e muito serio.
 
luiz fernandes em 24/06/2011 10:40:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions