A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

18/05/2013 15:55

Em clima de guerra, índios tomam fazenda Buriti e barram imprensa

Aline dos Santos e Francisco Júnior, de Sidrolândia
Índios invadiram fazenda na última terça-feira. (Foto: Vanderlei Aparecido)Índios invadiram fazenda na última terça-feira. (Foto: Vanderlei Aparecido)

Em clima de guerra, 600 índios tomaram a fazenda Buriti, em Sidrolândia. Hoje, às 15h, vencia o prazo para a saída dos terenas, que estão na propriedade rural desde quarta-feira.

Veja Mais
Perto de prazo para sair de fazenda em Sidrolândia, índios invadem sede
Justiça determina que índios deixem 4ª fazenda invadida até tarde de sábado

A imprensa foi recepcionada por índios armados com porretes e facão. Encapuzados e com pinturas pelo corpo, o grupo foi taxativo. Os jornalistas não poderiam entrar na fazenda, nem fazer fotografias ou anotar entrevistas. As ordens foram dadas ao som de rojões.

O procurador Emerson Kalife Siqueira, do MPF (Ministério Público Federal), foi ao local para negociar com os índios. No inicio da tarde, os terenas invadiram a sede da fazenda, que pertence a Jussimara Bacha. Informações dão conta que Ricardo Bacha e a família foram retirados às pressas pela PF (Polícia Federal), que desde o começo da invasão monitora a situação.

Segundo o vereador indígena Cleidinaldo Marcelino Cotocio (PP), o movimento foi pacífico. Ele também nega que o grupo esteja armado. “Falam que índio é preguiçoso, mas já estão gradeando a terra, preparando o plantio”, afirma.

Dono da fazenda Quitéria São José, invadida pelos índios há três meses, Paulo Bacha estava a caminho da fazenda do primo, mas desistiu de prosseguir ao saber da nova situação. Ele conta que o grupo já matou 300 cabeças de gado e fez sua mãe refém.

Na fazenda Cambará, também ocupada nesta semana, os terenas estão acampados na entrada do imóvel rural. O acesso é impedido por galhos de árvores. Na quinta-feira, saiu decisão judicial para que quatro fazendas fossem desocupadas: Querência São José, Santa Helena, Buriti e a Cambará. Foi feito um acordo para que os indígenas deixassem as fazendas até às 15h de hoje.

Os terenas ocupam desde maio de 2011, a fazenda 3R, também da família Bacha. A série de ocupações é parte da reivindicação dos 17 mil hectares da aldeia Buriti que estão na posse de fazendeiros e que foram identificados em 2011 como terras indígenas. Atualmente, cerca de cinco mil índios vivem em apenas 2,1 mil hectares.

Perto de prazo para sair de fazenda em Sidrolândia, índios invadem sede
Os índios invadiram a sede da fazenda Buriti, em Sidrolândia, neste sábado, quando vence o prazo para que eles deixem a propriedade rural. Informaçõe...
Morre menina de 11 meses ferida após carro da família capotar em rodovia
Sofia de Almeida Flores, de 11 meses de vida, morreu na madrugada de hoje (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, após ficar ferida em acidente oc...



Me lembrei de uma coisa!!! O território brasileiro é protegido pelos CAÇA Tucano..kkkkkk com arco e flechas emprestado desses índios eu derrubaria todos...
 
Guilherme Alves em 19/05/2013 13:00:17
A coisa esta bagunçado mesmo indio quer terra pra que não cria um animal não planta um pé de cebolinha aida querem mais sera que ja nao basta. Eles pegam a cesta basica do governo e trocar por droga e bebidas eles tem direito a todas as bolsas de beneficio governo e agora querem tomar terras de quem produz! Oras que tipo de produto eles vendem pra gerar renda e impostos nada!!! Sao preguiçosos fanfarroes cachaceiros e mais nada.
 
Carlos Souza em 19/05/2013 10:42:42
ESTES ÍNDIOS SE ACHAM ACIMA DA LEI , DEPREDAM PATRIMÔNIO PARTICULAR DEPOIS VIRAM UMA CAMBADA DE CACHACEIROS QUE DETONAM A TERRA.... UMA VERGONHA CIGCOE NELES ......UM VERGONHA CULPA DA FUNAI QUE PASSA A MÃO NA CABEÇA DELES ...
 
VINICIUS MARQUES em 19/05/2013 08:44:52
Os indios são julgados, por usarem as invasões, mas até hj ninguem foi julgado por seculos de genocidios. Então quem invadiu quem???
 
Idnat Terena em 19/05/2013 08:15:19
Suponhamos que hoje eles conquistem a terra que querem,....daqui 20 anos a população às custas de bolsas, sacolas e etc.... aumentarão, as terras estarão improdutivas e eles com certeza irão querer mais um bocadinho.
 
arnaldo saracho em 18/05/2013 21:06:35
Um absurdo essa situação! Uma falta de respeito com quem trabalha e produz! Eu estava lá e a situação é muito crítica! Foi declarada a guerra literalmente! Passou da hora de resolverem a situação. Até quando?? O Brasil que produz pede socorro!!!
 
Luana Corrêa em 18/05/2013 20:48:54
O querem esses indios não brasileiros, ali infiltrados? São mandados do PARAGUAI e incentivados por missiona´rios americanos para invadirem terras brasileiras. Mais, os antropólogos da FUNAI, SÃO ESCOLADOS PELA cia americana e regiamente recompensados. E tudo começou la em cima, no norte do Brasil e vem descendo, até aqui. O censo nacional de contagem de indios, teve um crescimento espantoso . E claro, não são BRASILEIROS, são importados por americanos, para o caos de terras no Brasil. Mais. tudo porque querem, os americanos, nossas florestas e o sistema aguifero do Brasil. AGUA mesmo. Sou contra esses indios e invasões de terras. Logo, logo, chegarão aqui, em campo Grande e invadirão terrenos e casas, alegando serem de antepassados. Claro, vai ser triste.
 
francisco hauschild em 18/05/2013 20:00:50
Vergonha Nacional! Tomar propriedades de quem produz, em detrimento de quem nada faz. O "indio" da foto, não sabe nem como atirar uma flecha. Aliaz, não existe indios, existem Brasileiros marginalizados e que agora os mandatários da Funai, querem "consertar" tomando terras devidamente escrituradas e entregá-las aos "indios". Se os produtores rurais não se organizarem, eles serão expulsos para a selva amazônica e verão suas terras herdadas de seus antepassados, se transformarem em laboratórios de "ongs" internacionais.
 
Valter Oliveira em 18/05/2013 19:24:20
"Sem terra" bloqueando estradas. Indios invadindo fazendas.Policia fazendo greve. Qualquer dia vamos ter manifestações dos "sem home teather", "sem ticket restaurante", dos "sem tv a cabo", etc... É, a justiça, de um modo geral, tá sem moral mesmo ! Manda os indios sairem e eles não saem. Manda sem terra desbloquear estrada, eles não desbloqueam. Diz que greve de policia é ilegal e eles não estão nem aí.A impunidade nesse pais está ultrapassando todos os limites !!!
 
Marcos Figueiredo em 18/05/2013 19:14:39
Invadem terras e dizem que querem plantar, visitem alguma aldeia para verem o tanto que eles querem produzir só se for " Grama Brachiaria" a exemplo da área que conseguiram no Panambi em Dourados só se vê Brachiaria e colonião, se alguém duvida façam uma visita.
 
Leandro Goncalves em 18/05/2013 18:35:20
Muito me surpreende o superintendente da policia federal dizer que os indios nao estao armados, pois declara que sobrevoou a area, pois por que nao pousou e fez uma busca , ai sim poderia afirmar que nao encontrou armas, vamos trabalhar gente !
 
Marcio Margatto em 18/05/2013 18:27:16
Expulsão e invasão pacífica... Só mesmo no país da piada pronta onde uma etnia tem direito de violar os mais límpidos direitos constitucionais de um brasileiro, porque é índio e os defensores da Constituição passam a mão na cabeça dos criminosos. O ódio é semeado e irrigado com a irresponsabilidade do Estado e deste governo, que não promove o desenvolvimento das comunidades indígenas e lava as mãos diante da violação dos direitos daqueles a quem autorizou a compra das terras. Uma vergonha, só no pais da piada pronta.
 
Valfrido M. Chaves em 18/05/2013 18:16:06
É só no Brasil mesmo! :/
 
William Dias Gomes em 18/05/2013 17:27:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions