A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

18/03/2015 10:15

Grupo vendia e alugava pistolas para bandidos fazerem assaltos na Capital

Dois homens foram presos ontem à noite em Dourados; três pistolas que seriam alugadas para roubos foram apreendidas

Helio de Freitas, de Dourados, e Renan Nucci
Os dois homens presos em Dourados são acusados de alugar pistolas para assaltos em Campo Grande (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Os dois homens presos em Dourados são acusados de alugar pistolas para assaltos em Campo Grande (Foto: Sidney Bronka/94 FM)

Pistolas semiautomáticas estariam sendo alugadas por criminosos de Dourados para assaltos em Campo Grande. Dois suspeitos foram presos ontem à noite na maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul em operação conjunta da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) e policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

Veja Mais
Sindicato volta a pedir ações que coibam assaltos após fechamento de shoppings
Choque prende traficante com cocaína e pistola de uso restrito da polícia

Duas pistolas calibre 9mm, de grande poder de fogo, e uma pistola calibre 380 foram apreendidas na casa de Wellinton Fernando R. dos Santos Silva, 26, residente na Rua Joaquim de Barros, no Jardim Pantanal. No local os policiais também encontraram 1,5 kg de cocaína e R$ 1.600 em dinheiro. O outro preso é como Isac Pereira de Luna, 36, morador de Caarapó.

O delegado titular da Derf, Luiz Alberto Ojeda, disse ao Campo Grande News que as investigações começaram depois que a polícia recebeu informações de que armas negociadas em Dourados estariam sendo usadas em assaltos na capital.

Uma equipe da Derf comandada pelo delegado Carlos Delano seguiu ontem para Dourados e com apoio de policiais locais começou a monitorar Isac Pereira e Wellinton Silva, já que existia informação de que eles negociariam as armas nas proximidades do Trevo da Bandeira, na saída para Ponta Porã. Os dois foram presos e segundo a polícia, Wellinton era o dono das armas e Isac tinha a missão de intermediar as pistolas com os assaltantes.

Os dois foram autuados em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, comercialização de armas e tráfico de drogas e serão levados para Campo Grande.

A polícia investiga agora se os presos têm ligações com roubos ocorridos nos últimos meses na capital e na região de Dourados, em que os bandidos usavam pistolas semiautomáticas. Conforme o delegado Ojeda, esse tipo de arma é difícil de ser encontrado, mesmo no submundo do crime.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions