A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

24/11/2016 21:09

Homem acusado de assassinar amiga a facadas morre em hospital da Capital

Rodrigo Lisboa matou Shirley Alves no início da semana em Costa Rica após ser rejeitado pela amiga

Fernanda Yafusso
Rodrigo Lisboa morreu na tarde desta quinta-feira na Santa Casa de Campo Grande (Foto: MS Todo Dia)Rodrigo Lisboa morreu na tarde desta quinta-feira na Santa Casa de Campo Grande (Foto: MS Todo Dia)

Rodrigo Lisboa de 31 anos, acusado de assassinar com duas facadas a amiga, Shirley Alves da Silva de 32 anos, no início da semana, teve a morte cerebral confirmada no início da tarde desta quinta-feira (24), às 13 horas em Campo Grande.

Veja Mais
Homem que matou amiga a facadas segue internado na Santa Casa
Shirley ainda lutou com 'amigo' rejeitado antes de ser morta a facadas

O acusado estava internado há três dias em estado grave na Santa Casa, após tentar suicídio com um tiro de uma arma calibre 22, no município de Costa Rica, distante 305 km da Capital .

Segundo a assessoria de imprensa da Santa Casa de Campo Grande, Rodrigo chegou ao hospital há três dias com os sinais vitais e respirava com a ajuda de aparelhos. Ele foi encaminhado para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e devido a gravidade em que se encontrava, os médicos não puderam realizar os exames que confirmassem o óbito do acusado no mesmo dia.

A assessoria informou também, que o primeiro teste padrão para se confirmar a morte encefálica é realizado no ouvido, injetando soro para ver se o paciente possui alguma reação. Porém, esse teste não foi possível pois o tiro entrou dentro do ouvido e atingiu o cérebro, fazendo com que sangue e massa encefálica saísse de dentro do orifício, quando o tampão que protegia a região era retirado.

Rodrigo permaneceu internado no CTI (Centro de Terapia Intensiva) e teve a morta oficialmente declarada hoje a tarde. O corpo já foi liberado e permanece no IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) da Capital.

Crime - Shirley foi morta a facadas em casa, na Rua Tulipa pelo suspeito que era o seu melhor amigo, mas cometeu o crime porque não aceitava uma paixão não correspondida. Segundo informações, ele era apaixonado pela mulher.

Após matar Shirley a golpes de faca, Rodrigo foi até a casa de um tio, se armou com um revólver calibre 22 e disparou contra a cabeça. A polícia conseguiu entrar na residência e localizou o homem caído de bruços, dentro do quarto do tio, em uma poça de sangue.




Deus é justo!
 
Barbarossa em 24/11/2016 23:39:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions