A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

20/08/2015 09:25

Ladrões furtam 10 computadores de telecentro fechado há seis anos

Caroline Maldonado
Telecentro, que será reformado, ficou sem os computadores. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Telecentro, que será reformado, ficou sem os computadores. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ao abrir um telecentro que nunca funcionou, servidores da prefeitura de Jaraguari, a 44 quilômetros de Campo Grande, descobriram que o local não tinha mais nenhum computador. No total, foram furtados 10 monitores, 11 computadores, uma máquina copiadora e uma câmera webcam. A Secretaria de Administração acredita que o furto ocorreu no último fim de semana, mas a perícia não encontrou impressões digitais no local e para a polícia é difícil saber se o caso é recente.

Segundo o secretário de Administração, Ariel Fernandes Lima, o telecentro foi instalado há seis anos em uma sala ao lado do Centro Comunitário, que também não era utilizado. Ontem (19), um funcionário da prefeitura visitou o local para saber como estavam as instalações, que agora fazem parte de um plano de revitalização da atual gestão, segundo o secretário. 

Ariel conta que as instalações são “deficitárias”, por isso o local nao estava em uso. “O telecentro foi instalado em meados de 2009. Não tinha uso, porque foi feito de forma deficitária. Por exemplo, não tem ventilação, é escondido, a porta da sala é virada de frente para o centro comunitário, que hoje necessita de revitalização, não tem nem banheiros. Por esses motivos, não foi inaugurado. Desde que foi construído, o Centro Comunitário está abandonado”, explica Ariel. De acordo com ele, relatos de vizinhos levam a crer que o furto ocorreu no domingo (16).

Segundo a polícia, o furto pode ter ocorrido há tempos, já que o local está abandonado, sem vigilância e além disso, fica afastado do Centro da cidade. “O prédio fica em um lugar ermo, não era usado, estava com muita sujeira, abandonado. “Ficou difícil saber como ocorreu o furto, porque a perícia não conseguiu encontrar impressão digital”, detalha o investigador da Polícia Civil, Anderson Celin. Segundo o policial, o telecentro não tem muro e portão. Há dois cadeados na porta de entrada. O cadeado de baixo foi arrombado e a porta amassada para a entrada dos ladrões.

Detentos são flagrados com celular cheio de vídeos de sexo com criança
Agentes penitenciários encontraram um celular contendo cenas de sexo com uma criança, na cela onde estão presos Luis Felipe Barbosa dos Santos, 19 an...
Dupla rende funcionários de mercado e foge levando carro e dinheiro
Funcionários de um supermercado localizado no centro de Três Lagoas, distante 338 km de Campo Grande, foram rendidos por dois bandidos armados. Viole...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions