A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

29/04/2015 16:05

Morador de Laguna Carapã de 17 anos morre com suspeita de dengue

Helio de Freitas, de Dourados

Um adolescente de 17 anos morreu nesta semana, quatro dias depois de ficar internado com sintomas de dengue. André Torres morava em Laguna Carapã, cidade a 287 km de Campo Grande, onde pode ter contraído a doença. Entretanto, ele morreu em Dourados, no mesmo dia em que foi transferido para o Hospital da Vida, que atende pacientes de 32 municípios da região.

Veja Mais
Saúde investiga 3 mortes por dengue e número de casos é 3º maior em 5 anos
Professor de 40 anos morre na Santa Casa e suspeita é dengue hemorrágica

O caso é investigado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológicas da Secretaria de Saúde de Dourados. O gerente da epidemiologia, Devanildo de Souza, informou ao Campo Grande News que o quadro clínico que o paciente apresentava aumenta as suspeitas de que se trata de dengue, mas segundo ele a confirmação só será possível após o exame ser feito pelo Lacen (Laboratório Central), o que deve ocorrer dentro de 15 dias.

Conforme as informações apuradas até agora pela saúde pública, André Torres começou a passar mal no dia 22 deste mês e foi internado no hospital de Laguna Carapã. Como o quadro se agravou, na madrugada de domingo, dia 26, ele foi transferido para o hospital de Dourados, onde morreu por volta de 14h40 do mesmo dia.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, quatro mortes por dengue já foram confirmadas neste ano em Mato Grosso do Sul – duas em Sonora, uma em Paranhos e outra em Corumbá. Além dessa ocorrida em Dourados, mais duas são investigadas, uma em Aparecida do Taboado e a de um professor de Anastácio, que morreu ontem na Santa Casa de Campo Grande. No Estado, 38 cidades enfrentam situação de epidemia de dengue, com a incidência acima de 300 casos por 100 mil. São 15,8 mil casos notificados.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions