A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

30/05/2013 13:50

PF diz que índios reagiram a tiros e que três policiais também estão feridos

Aliny Mary Dias
Ação deixou um indígena morto e outros cinco feridos (Marcos Tomé/Região News)Ação deixou um indígena morto e outros cinco feridos (Marcos Tomé/Região News)

A Polícia Federal afirma que os índios que ocupam a fazenda Buriti em Sidrolândia reagiram com tiros à ação de reintegração de posse, na manhã desta quinta-feira (30) e que pelo menos três federais foram feridos.

Veja Mais
Sobe para cinco número de índios feridos em confronto com a Polícia
Da área do conflito, índios dizem que vão resistir “até morrer” e acusam PF

De acordo com a assessoria de imprensa da PF, novas informações chegam a todo o momento e ainda não se sabe o estado de saúde dos três policiais que ficaram feridos. A corporação também não confirma se os policiais foram atingidos por balas, mas diz que a violência partiu dos índios.

A Polícia confirma que houve resistência por parte dos indígenas durante o cumprimento da reintegração de posse que vários tiros foram disparados pelos índios.

Durante a ação, o indígena Oziel Gabriel, de 35 anos, foi morto e outros cinco indígenas ficaram feridos. Quatro deles foram encaminhados para o hospital Dona Elmira Silvério Barbosa, em Sidrolândia e outro para o hospital municipal de Dois Irmãos do Buriti.

Confronto - A fazenda foi invadida pelos terenas em 15 de maio. No mesmo dia, saiu uma decisão para que os índios deixassem o local. Mas a reintegração não foi cumprida no dia 18 e a decisão acabou suspensa até ontem, quando foi realizada audiência na Justiça Federal. Sem acordo entre as partes, o juiz Ronaldo José da Silva determinou o cumprimento da reintegração de posse.

Os índios reivindicam 17 mil hectares da aldeia Buriti que estão na posse de fazendeiros e que foram identificados em 2011 como terra indígena.

A operação da manhã desta quinta conta com a Polícia Federal, Polícia Militar, Bombeiros, médicos do Samu e policiais da Companhia de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe).

 




Será mais uma história de genocídio das tantas que o mundo já conheceu. Ainda há tempo de se evitar.
 
Aldo Silva Rocha em 30/05/2013 17:32:28
Infelizmente toda ação cabe uma reação, se os indígenas estavam armados, igualmente os policiais teriam que estar armados, e não se faz a reintegração de posse pedindo por favor vocês desocupem a área... A ordem é ou saem por bem ou a força... Agora vai aparecer aqueles defensores das causas indígenas e outros querendo aparecer, questionando a atuação da policia como sempre...
 
Jose Antonio Martins em 30/05/2013 16:43:32
É lamentável que a siuação cheque a este ponto. Isto é um retrato do descaso e da irresponsabilidade de nossas autoridaes, poder executivo e legislativo, que mesmo diante de tanta volencia e morte, não são capazes de resolver a questão. Vamos fazer copa do mundo,carnaval, vamos festar, pois afinal as balas só atingem os inocentes, sejam indios ou policiais, todos são vitimas de um pais sem lei, da falta de empenho das autoridades para resolver o problema da terra no Brasil.
 
julio montini neto em 30/05/2013 16:32:11
sou desta região de Sidrolândia. Os índios não tinham arma de fogo. Cadê os policiais que estão feridos? qual o local do corpo foram feridos? Ah, foi apenas machucados de raspão? Cadê os direitos humanos que nada fazem para esclarecer essas violações cometidas pelos policiais? ajudei a socorrer hoje muitos índios jogados no chão como bichos, como insetos, agonizando e implorando por ajuda. Porque os policiais não os socorreram e os levaram aos hospitais se tinham tantos policiais próximos? se não fossemos nós ajudar esses irmãos índios, muitos outros índios tinham morridos sem qualquer socorro, e isso é uma vergonha pra todos nós brasileiros que vivemos em um mundo mesquinho que só o poder daqueles que acham que tudo pode pelos dinheiro são os melhores e mais gente que os outros.
 
paulo correa barbosa em 30/05/2013 15:18:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions