A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

01/04/2013 18:40

Polícia prende suspeito de ter mandado atirar em família de sindicalista

Viviane Oliveira
Local onde aconteceu o crime. (Foto: Bela Vista MS)Local onde aconteceu o crime. (Foto: Bela Vista MS)

A Polícia Civil prendeu um homem acusado de ter mandado atirar no presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bela Vista, Eugênio Benites, na esposa dele, Fátima Benites, que morreu, e na filha do casal. O atentado foi por volta das 9h30 da última quinta-feira (21), no município. 

Veja Mais
Mulher do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais morre no hospital
Família de presidente de sindicato em Bela Vista é baleada em atentado

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Kellen Laura Baltha da Silva, o homem, que não teve o nome divulgado pela Polícia, foi preso cinco dias após o crime.

O acusado vai permanecer preso temporariamente até a conclusão das investigações. O executor do crime ainda não foi preso.

O crime - Eugênio, a esposa dela, Fátima, e a filha do casal foram alvos de um atentado. Por volta das 9h30 um motociclista se aproximou dos três, perto da sede do sindicato, na rua Alaídes Correia da Silva, bairro Costa, e efetuou vários tiros.

Eugênio foi atingido nas pernas, a esposa no rosto e a filha nas costas. Fátima não resistiu ao ferimento e morreu na Santa Casa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions