A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

08/06/2015 18:39

Primeiro Centro de iniciação esportiva do Estado deve ficar pronto em 2016

Mariana Rodrigues
Serão 3.750 metros quadrados de área construída em uma área total de 7 mil metros quadrados. (Foto: Reprodução Facebook Paulo Duarte)Serão 3.750 metros quadrados de área construída em uma área total de 7 mil metros quadrados. (Foto: Reprodução Facebook Paulo Duarte)
O espaço servirá tanto para prática de modalidades olímpicas como paraolímpicas. (Foto: Reprodução Facebook Paulo Duarte)O espaço servirá tanto para prática de modalidades olímpicas como paraolímpicas. (Foto: Reprodução Facebook Paulo Duarte)

Corumbá - cidade distante a 419 km de Campo Grande, é o único município do Estado a ser contemplado com a construção do CIE (Centro de Iniciação ao Esporte). As obras foram iniciadas na semana passada, na região do Guanã, no Bairro da Nova Corumbá. O projeto integra uma parceria entre a prefeitura e o Governo Federal, por meio do Ministério do Esporte, que desenvolveu a concepção do Centro no âmbito da segunda etapa do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento). O projeto deve ficar pronto já no próximo ano.

Veja Mais
Stand Up Paddle põe Corumbá como cenário ideal para esporte de aventura
Estadual de Stand Up Paddle em Corumbá promove integração com população

“É mais um equipamento importante que estamos construindo na cidade, que vai contribuir em muito para revelarmos novos atletas, principalmente nas modalidades olímpicas. E a nossa pretensão é entregar o Centro de Iniciação ao Esporte no primeiro semestre de 2016, antes das Olimpíadas do Rio de Janeiro, que acontecem em agosto”, afirmou o prefeito Paulo Duarte (PT) durante uma visita ao canteiro de obras.

Acompanhado do secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Gerson da Costa Melo, Paulo Duarte conversou bastante com os moradores e empresários da região, e mostrou sua preocupação com a manutenção do espaço, após concluído. “Precisamos do apoio da população para evitar atos de vandalismo”, pediu.

Em sua página no Facebook, o prefeito comentou que o projeto é um dos mais completos, conta com um ginásio poliesportivo com arquibancada para 177 lugares; área de apoio onde serão instaladas a parte administrativa, sala de professores, técnicos,vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia e sanitário público, além estruturas de atletismo.

Serão 3.750 metros quadrados de área construída em uma área total de 7 mil metros quadrados. O espaço servirá tanto para prática de modalidades olímpicas como paraolímpicas. A pista de atletismo, por exemplo, será emborrachada.

Além disso, a área do atletismo contará com espaços para saltos, além de arremesso de martelo, de peso, de disco e de dardo. Já o ginásio poliesportivo comportará as modalidades de basquetebol, boxe, handebol, judô, lutas, tênis de mesa, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton e levantamento de peso. Haverá espaço também para seis modalidades paraolímpicas, esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, voleibol sentado e goalball. O futsal, modalidade não olímpica, também está contemplada.

Pensando na acessibilidade, o Centro contará com rampas, plataforma elevatória, banheiros adaptados, portas mais largas e espaço para cadeiras nas arquibancadas. Os investimentos para a implantação do projeto são da ordem de R$ 3.572.214,04.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions