A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

10/08/2015 10:05

Suspeito de incêndio em caminhões é preso e polícia acredita em retaliação

Caroline Maldonado
Incêndio destruiu três caminhões estacionados na Rua Jardim (Foto: O Correio News)Incêndio destruiu três caminhões estacionados na Rua Jardim (Foto: O Correio News)

Foi preso o suspeito de atear fogo em três caminhões, na madrugada de ontem (9), em Chapadão do Sul, a 321 quilômetros de Campo Grande. Marcos Antônio da Silva, 44 anos, conhecido como “Zóio”, não confessou o crime, mas para a polícia tudo leva a crer que ele fez isso como retaliação pela prisão de um amigo.

Veja Mais
Três caminhões ficam destruídos em 2ª onda de incêndios a veículos no ano
Incêndios em carretas e caminhonete na madrugada assustam moradores

Segundo o delegado Danilo Mansur, o suspeito foi preso ontem e será encaminhado para o presídio de Cassilândia, assim que a Justiça autorizar. Marcos estava em livramento condicional e saiu do presídio há 40 dias. Ele tem extensa ficha criminal, por furto e tráfico de drogas, conforme o delegado.

O suspeito dos incêndios é amigo do dono de um ponto de tráfico de drogas, conhecido com “Cinquentinha”, que foi preso na sexta-feira (7). Relato de testemunhas, apontam que Marcos saiu de casa 1h, no domingo, e retornou as 5h, intervalo em que ocorreram os incêndios, na Rua Jardim.

Pelo WhatsApp, circulou a mensagem que indicava Marcos como o culpado. Na casa dele, a polícia encontrou roupas lavadas, porém com cheiro de gasolina e ele não soube explicar onde esteve no horário do crime. Além disso, no celular de “Cinquentinha”, que foi apreendido, chegou mensagem de que Marcos tinha colocado fogo nos caminhões, conforme o delegado.

“Todos os indícios fecham em torno desse Marcos. Ele não assumiu a autoria do crime, mas não soube explicar onde esteve e não deu nenhuma informação que possa provocar a defesa dele”, comentou o delegado, ao lembrar que uma testemunha viu uma motocicleta com duas pessoas próximo ao incêndio. A polícia investiga se outra pessoa está envolvida no crime.

Em fevereiro deste ano, três veículos foram queimados na cidade depois de efetuadas prisões. Na época, uma pessoa foi presa. Esse acusado é conhecido de Antônio.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions