A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

06/05/2013 16:49

Trabalhadores continuam reféns e dizem que clima na aldeia é tenso

Nadyenka Castro

Trabalhadores da Funai (Fundação Nacional do Índio), da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), professores e policiais continuam reféns de índios na aldeia Porto Lindo, em Japorã, a 487 quilômetros de Campo Grande.

“O clima aqui está tenso”, disse, por telefone, uma das 40 reféns que não quis se identificar. Na aldeia não funciona celular e a única comunição é por meio do orelhão, que pode ser utilizado.

Os indígenas exigem um representante de Brasília para liberar os trabalhadores que participam da 5ª Conferência de Saúde Indígena.

A situação está crítica na aldeia desde a manhã. Uma enfermeira da Sesai disse que o clima era de pânico. A Sesai afirma que a situação está sob controle e que os reféns só não podem sair da aldeia.

Os trabalhadores podem andar normalmente pela área principal da aldeia e também se alimentar. Mas, não podem deixar a Porto Lindo em hipótese alguma.

Sesai nega pânico em Japorã e diz que reféns "só estão impedidos de sair"
A Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) nega pânico entre participantes da 5ª Conferência de Saúde Indígena, na aldeia Porto Lindo em Japorã,...
Índios mantêm 40 reféns em aldeia; "Estamos em pânico", diz enfermeira
Quarenta pessoas são mantidas reféns por 300 índios na aldeia Porto Lindo em Japorã. O grupo de servidores da Funai (Fundação Nacional do Índio), Ses...
Homem com facão faz três pessoas da mesma família como reféns em casa
Três pessoas foram feitas reféns em uma casa na rua Rio de Janeiro, Centro de Sidrolândia - cidade localizada a 71 km de Campo Grande -, na manhã des...
UEMS recebe a partir de segunda-feira congresso de pesquisadores negros
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - recebe entre segunda-feira (23) e sáb...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions