A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

03/11/2016 10:25

UFMS continua invadida e MEC decide até amanhã sobre data do Enem

Renata Volpe Haddad
Foto tirada na manhã desta quinta-feira (3) mostra ocupação na UFMS em Três Lagoas. (Foto: Daniela Silis/ Perfil News)Foto tirada na manhã desta quinta-feira (3) mostra ocupação na UFMS em Três Lagoas. (Foto: Daniela Silis/ Perfil News)

Há dois dias do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), estudantes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) continuam no campus 2 de Três Lagoas - distante 338 km de Campo Grande. O MEC (Ministério da Educação) vai atualizar amanhã (4), a lista de adiamento de provas do exame, em locais que estão ocupados.

Veja Mais
Estudantes invadem sede da UFMS no interior em protesto contra Temer
Invasão de universidade adia prova do Enem a 488 estudantes de MS

Na manhã de ontem (2), os alunos chegaram na universidade encapuzados em protesto contra medidas recentes do governo de Michel Temer (PMDB), como a PEC 55, que limita os gastos públicos, e a reforma do Ensino Médio. Há faixas no local informando a decisão de alguns estudantes.

Em postagens no Facebook, o Movimento Estudantil 28 de Março, afirma que não representa a ocupação do Campus 2 de Três Lagoas, mas é um dos vários movimentos que apoiam a luta dos estudantes da UFMSA postagem informa ainda que este é um movimento autônomo e secundarista.

A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Paranaíba, distante 422 km de Campo Grande, foi ocupada pelos estudantes no dia 31 de outubro e as provas do Enem que seriam aplicadas para 488 alunos, no local, precisou ser adiada para 5 e 6 de dezembro.

A UFMS foi procurada pela reportagem, mas ainda não se pronunciou sobre os últimos acontecimentos. 

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions