A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

20/08/2015 11:29

Vereadora que denunciou apalpada faz debate sobre violência contra mulher

Helio de Freitas, de Dourados
A vereadora Virgínia Magrini preside audiência pública nesta quinta, na Câmara de Dourados (Foto: Eliel Oliveira)A vereadora Virgínia Magrini preside audiência pública nesta quinta, na Câmara de Dourados (Foto: Eliel Oliveira)

Uma audiência pública na noite desta quinta-feira (20) na Câmara de Vereadores de Dourados, a 233 km de Campo Grande, vai debater a violência contra a mulher. Com o tema “Violência contra Mulher: Eu não aceito!”, o debate foi proposto pela vereadora Virgínia Magrini (PP), que em junho deste ano acusou o colega de Legislativo, Maurício Lemes Soares (PSB), de lhe apalpar as nádegas no plenário da Casa.

Veja Mais
Vereadores faltam à reunião e presidente da “comissão da apalpada” reclama
Após 2ª desistência, Câmara faz sorteio para compor “comissão da apalpada”

Conforme a assessoria da vereadora, a audiência desta quinta vai debater os diferentes tipos de agressões sofridas pelas mulheres e despertar as vítimas da violência para que procurem as autoridades e denunciem os agressores. O evento também vai cobrar os órgãos governamentais mais política e estrutura para proteção das mulheres que denunciam os atos de violência.

Segundo Virgínia Magrini, entre as medidas que podem ser tomadas de imediato em Dourados estão o funcionamento por 24 horas da delegacia da mulher, espaço adequado para exame de corpo e delito e reabertura da Casa Abrigo, para acolhimento das vítimas de violência doméstica.

Ela também propõe a criação de uma ouvidoria na Câmara de Vereadores, para receber denúncias de mulheres que não procuram a polícia. “A violência contra a mulher causa sofrimento, medo, constrangimento e afeta a vida pessoal e profissional de toda família”.

Representantes de movimentos de mulheres camponesas, indígenas e universitárias vão participar da audiência pública, além de representantes da Casa da Mulher Brasileira e da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, da Presidência da República.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions