A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

12/10/2015 08:56

Capacitação é o segredo para obter sucesso nos negócios, diz especialista

Liana Feitosa
Para analisa do Sebrae, empresário precisa buscar conhecimento em capacitações e cursos para repassar a funcionários e, assim, expandir negócio. (Foto: Assessoria Sebrae)Para analisa do Sebrae, empresário precisa buscar conhecimento em capacitações e cursos para repassar a funcionários e, assim, expandir negócio. (Foto: Assessoria Sebrae)

Em tempo de crise, entre as medidas emergenciais adotadas pelas empresas para driblar a instabilidade está o corte de gastos. No entanto, especialistas garantem que investir recursos no preparo da equipe é caminho eficaz para minimizar os efeitos da crise econômica. Para o gerente geral de desenvolvimento humano da rede de utilidades Multicoisas, Rodolfo Martin, a capacitação abre portas que levam à conquista do cliente.

Veja Mais
Crise faz consumidores retornarem ao Centro para compra de brinquedos
Aumento das despesas e crise obrigam governo estadual a elevar tributos

"Com certeza, quanto mais preparada e capacitada a equipe, melhor você aproveita oportunidades quando clientes entram na loja", antecipa. 

"Na verdade, você minimiza perdas porque, mesmo com a crise, existe consumo, as pessoas continuam precisando de coisas que existem na loja. Se você não tem uma equipe preparada, você acaba perdendo ou deixando de aproveitar a oportunidade de venda ao máximo", analisa Rodolfo, que é pós-graduado em Gestão de Pessoas pela USP (Universidade de São Paulo).

Treinar - Para o especialista, um treinamento efetivo aumenta as chances da empresa conquistar clientes com bom atendimento e produtos que preenchem a necessidade do comprador, o que acontece desde 1992, quando a empresa criou a Universidade Multicoisas, o centro de formação e treinamento da rede.

"Recentemente vi um palestrante que questionava isso: com tanta crise por aí, muita loja ainda está perdendo venda porque o vendedor não sabe fornecer uma explicação convincente para o cliente", compartilha Rodolfo.

"Como as pessoas estão pensando duas, três vezes antes de comprar, elas ficam mais sensíveis, mais atentas. Se o vendedor não está preparado e o cliente percebe isso, ele vai pra outra loja", resume.

Quanto mais preparada e capacitada a equipe, melhor você aproveita oportunidades quando clientes entram na loja, afirma Rodolfo Martin, gerente geral da Multicoisas. (Foto: Marcos Ermínio)"Quanto mais preparada e capacitada a equipe, melhor você aproveita oportunidades quando clientes entram na loja", afirma Rodolfo Martin, gerente geral da Multicoisas. (Foto: Marcos Ermínio)

Em negócios muito dinâmicos, onde existem novos produtos surgindo a todo momento, e outros saindo de linha, é preciso ter agilidade para aprender a utilidade de cada item e saber quais as qualidades e atrativos dos produtos. Isso exige preparação do vendedor, que não pode ser pego de surpresa.

Ameaça - Para a analista técnica do Sebrae Janaína Mansílha, ligada ao programa Sebrae de Excelência em Gestão. O momento de crise é um fator externo que ameaça o negócio. "Por isso, o empresário precisa cuidar do que ele pode controlar, que é o negócio dele", afirma.

"Ele não pode controlar a política, a economia nacional, o clima e a vontade do cliente, é por isso que ele tem cuidar do bom desenvolvimento do seu próprio negócio, principalmente quando não há crise. Trabalhar seus colaboradores e seu próprio desenvolvimento para que, no momento mais difícil, ele encontre uma estratégia para avançar, e não recuar", detalha.

Para analista, investir no funcionário é investir na empresa. (Foto: Assessoria Sebrae)Para analista, investir no funcionário é investir na empresa. (Foto: Assessoria Sebrae)

A analista também explica que é no momento de crise que o empresário precisa olhar para a empresa e fazer uma análise das oportunidades que ele têm, dos pontos fracos do negócio, do que ele pode melhorar e do que ele faz com excelência. "Quando ele identifica o que ele precisa melhorar, ele enxerga que tipo de informação precisa buscar", orienta.

Estudar - "Ele precisa pensar em qual vai ser o comportamento do consumidor no momento de crise, ele precisa estar mais perto das entidades que dão apoio ao pequeno empresário, como o Sebrae, conhecer pesquisas na área de consumo e comportamento. Essas são atitudes que o ajudam a sentir menos a crise", amplia Janaína.

Para ela, o empreendedor primeiro precisa buscar informação para ele e, depois, repassar as informações aos funcionários. "É preciso incentivar a capacitação, a busca por informações. A capacitação é um investimento, inclusive investir no funcionário. Ao investir no funcionário, o gestor está investindo na empresa dele", finaliza.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions