A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

27/07/2015 14:29

Comércio espera R$ 10,2 milhões, mas presente dos pais será mais barato

Pesquisa da Fecomércio mostra que o valor médio do presente em Dourados será de R$ 132 neste ano contra R$ 146 no ano passado

Helio de Freitas, de Dourados
Comércio de Dourados espera movimentar R$ 10,2 milhões com venda para o Dia dos Pais (Foto: Eliel Oliveira)Comércio de Dourados espera movimentar R$ 10,2 milhões com venda para o Dia dos Pais (Foto: Eliel Oliveira)

O comércio de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, espera movimentar R$ 10,2 milhões com as vendas para o Dia dos Pais de 2015, mostra pesquisa feita pelo IPF-MS (Instituto de Pesquisa Fecomércio MS em parceria com a Fundação Manoel de Barros, Universidade Anhanguera-Uniderp e Sebrae-MS.

Veja Mais
Dia dos Pais vai movimentar R$ 161 milhões, queda de 6% neste ano
Sesc vai investir R$ 10 milhões para construir unidade na fronteira

De acordo com os números divulgados nesta segunda-feira (27), o valor médio por presente será de R$ 132,00, menor que os R$ 146,00 do ano passado. De 10 a 18 de julho, a Fecomércio entrevistou 2.007 douradenses e o nível de confiança é de 95%, segundo a federação.

Centro e shopping – Os consumidores ouvidos durante a pesquisa afirmam que vão fazer as compras majoritariamente nas lojas do centro (66%) e no Shopping Avenida Center (19%). Outros 8% vão comprar nos bairros e 3% pela internet.

“Observamos que os recursos ficarão entre os próprios comerciantes da cidade, garantindo um fôlego ao caixa e com promessa de um segundo semestre com economia mais dinâmica”, afirma o presidente do Instituto de Pesquisas Fecomércio, Edison Araújo.

O pagamento das compras à vista em dinheiro ou cartão de débito será a forma escolhida por 60% dos consumidores. Outros 9% vão pagar com cartão de crédito. Já 32% dos consumidores vão comprar a prazo, pagando com cartão de crédito, carnê, cartão da loja e boleto bancário, em no máximo três parcelas (64%).

Pais e maridos – De acordo com o levantamento da Fecomércio, pais (63%), esposo (18%), sogro (8%) e namorados (3%) serão os principais homenageados na data. Roupas (34%), calçados (18%) e perfumes (13%) serão os presentes mais escolhidos.

Questionados sobre o que desejariam receber de presente nessa data, 22% deles querem celulares. As roupas são a preferência de 19%, e 16% dos entrevistados querem ganhar calçados. Já a comemoração do Dia dos Pais será em casa para 72% dos entrevistados e 16% vão comemorar nos restaurantes.

Dia dos Pais vai movimentar R$ 161 milhões, queda de 6% neste ano
Em consequência da conjuntura econômica atual e seguindo a tendência de queda nas vendas, este ano menos consumidores vão comprar presentes para seus...
Confiança do empresário do comércio da Capital aumenta 86,7%, em junho
A Confiança do empresário do comércio de Campo Grande aumentou no mês de junho, mas ainda está abaixo do resultado ideal. Segundo a CNC (Confederação...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions