A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

24/10/2014 14:39

Corrida ao ar-condicionado também esgota estoque de material elétrico

Liana Feitosa
Carlos Henrique explica que transformador de energia é produto mais procurado na loja.(Foto: Marcelo Calazans)Carlos Henrique explica que transformador de energia é produto mais procurado na loja.(Foto: Marcelo Calazans)

A onda de calor dos últimos dias, além de esvaziar estoques de condicionadores de ar e gerar fila de espera pelo serviço de técnicos, como já noticiou o Campo Grande News, gerou uma corrida acirrada por materiais elétricos usados na instalação de aparelhos. Em relação ao ano passado, o movimento em casas especializadas nesses itens aumentos cerca de 80%, segundo vendedores.

Veja Mais
Corrida ao ar-condicionado esvazia estoques e espera chega a 20 dias
Espera por instalação ou manutenção de ar-condicionado chega a 10 dias

"A procura está muito grande, tivemos um aumento nas vendas fora do normal para essa época", afirma Adail Pinheiro, supervisor na Elétrica Polo. 

Na loja onde Carlos Henrique Vieira é vendedor, todo o estoque está zerado. "Há 40 minutos recebemos material, mas já acabou. Recebemos hoje cedo também, mas também já acabou", conta. 

"Até ligamos no concorrente para saber se eles tinham para vender e negociarmos, mas eles também estão com falta. Ligamos no distribuidor, mas eles também estão sem material. Acho que ninguém esperava tanta procura", analisa o vendedor.

O produto mais procurado nas lojas é o transformador que muda o circuito elétrico de 110 volts para 220 volts. Isso porque, em Campo Grande, a rede é de 110 volts, mas os aparelhos, geralmente, necessitam de energia de 220 volts.

Transformador muda circuito elétrico de 110 volts para 220 volts. (Foto: Marcelo Calazans)Transformador muda circuito elétrico de 110 volts para 220 volts. (Foto: Marcelo Calazans)

"Muita gente, nas lojas, casas, não tem padrão bivolt e, por isso, precisam dessa peça para fazer a instalação adequada do equipamento", detalha Carlos, o que explica a procura intensa e o esgotamento dos estoques nas lojas de materiais elétricos.

Falta tudo - Na loja Metta Agrocenter, que também vende produtos elétricos, a procura recorde foi, na verdade, por ventiladores. Segundo o gerente comercial Ricardo Mansur, neste mês a loja vendeu 60% a mais do que em setembro deste ano. Foi preciso reforçar os estoques em 30% tanto com ventiladores de teto como de parede.

Essa opção é mais procurada para estabelecimentos comerciais. Já o ventilador de teto, por ser mais versátil, acaba sendo campeão de vendas, já que é indicado para diversos tipos de ambientes.

Também faltam técnicos especializados. Na semana passada, o Campo Grande News registrou que a busca por profissionais que fazem instalação ou reparos em condicionadores de ar sofreu aumento considerável.

"Tivemos aumento de 200% na procura por manutenção e compra de ar condicionado. Nosso estoque está praticamente zerado, e isso se repete em outras lojas, sejam especializadas ou de magazine", conta Eraldo Hossmeister, gerente da loja Linear Refrigeração.

Aparelhos também estão em falta. No início da semana, quem foi até a loja Pernambucanas do centro da Capital constatou que a fila de espera por um refrigerador de ar chega a 20 dias úteis.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions