A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

22/04/2015 08:43

Crédito para financiamento imobiliário cresce 35% no primeiro trimestre

Caroline Maldonado
Em janeiro, volume de financiamentos aumentou 150%, na comparação com o mesmo mês do ano passado (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)Em janeiro, volume de financiamentos aumentou 150%, na comparação com o mesmo mês do ano passado (Foto: Arquivo/Cleber Gellio)

O montante liberado para financiamento imobiliário em Mato Grosso do Sul cresceu 35% no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2014. O valor total passou de R$ 334,1 milhões para R$ 451,3 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal. Somente em janeiro, o volume de empréstimos aumentou 150%, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Veja Mais
Caixa sobe juros de financiamentos habitacionais pela segunda vez no ano
Conselho aumenta para 6% ao ano juros de financiamentos do BNDES

Na avaliação do superintendente regional da Caixa, Paulo Antunes, os números são surpreendentes, mas têm explicação. Segundo ele, a economia do Estado tem sido impulsionada pelo agronegócio, que passa por um bom momento e influencia na alta do volume de crédito liberado.

“O que elevou esse número é fato de termos a economia do Mato Grosso do Sul em um nível de aquecimento diferente daquilo que a gente percebe em nível de Brasil. MS é um Estado com agronegócio muito forte e com potencial sendo bastante explorado”, explica Paulo.

O superintendente destaca ainda que o forte crescimento do mercado imobiliário se dá porque todos os segmentos envolvidos estão em certo nível de maturidade. Tantos as imobiliárias, como quem quer comprar e quem quer vender agora têm mais conhecimento das possibilidades. “Isso permite as pessoas terem confiança e segurança na aquisição da casa própria. As informações de financiamento estão presentes no próprio celular, nos sites da Caixa e das imobiliárias, nos feirões que a gente executa com sucesso há onze anos”, comenta.

Primeiros passos – Para quem quer financiar a casa própria, informação não falta. O que as pessoas precisam é procurar as imobiliárias credenciadas. O superintendente explica que os credenciados dão todo o suporte necessário para que alguém se prepare para contrair ou não o financiamento.

“Se aquele imóvel não atender as necessidades, a pessoa pode ir em outra imobiliária. Se o produto atende, em vez de ela procurar a Caixa, a própria imobiliária tem permissão do banco para atender o cliente nas condições do financiamento”, detalha Paulo, ao lembrar que hoje o nível de exigência do cliente está muito mais elevado e não falta opção de imobiliárias credenciadas, nem localização de imóveis.

Para o superintendente regional da Caixa, Paulo Antunes, agronegócio impulsiona economia e eleva número de financiamentos (Foto: Alcides Neto)Para o superintendente regional da Caixa, Paulo Antunes, agronegócio impulsiona economia e eleva número de financiamentos (Foto: Alcides Neto)

Segundo Paulo, existem construções de unidades isoladas ou em condomínio em todos os bairros de Campo Grande. “O correspondente da Caixa faz uma análise para verificar qual a capacidade de pagamento daquela pessoa e vai ser gerado um valor limite, que a pessoa pode emprestar para financiar a casa. Dentro desse valor, ela vai procurar o imóvel. Só depois dessa análise que ela vai saber quanto que ela tem que ter no bolso para dar de entrada”, esclarece. Paulo destaca que cada pessoa pode comprometer, em média, 30% da renda, mas isso varia.

Além disso, o negócio acontece fora da Caixa, o banco é apenas o financiador. Quem quer financiar pode usar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), dar um carro ou um terreno como parte do negócio.

Feirão - Para os próximos meses, o superintendente orienta aqueles que pensam na casa própria a comprar apenas se realmente precisarem e se o imóvel estiver adequado a capacidade de renda e necessidade pessoal. O próximo Feirão Caixa da Casa Própria acontecerá em maio, mas ainda não tem data certa, segundo o superintendente. A 11ª edição do evento será uma boa oportunidade para quem está pensando no financiamento.

Caixa sobe juros de financiamentos habitacionais pela segunda vez no ano
A Caixa Econômica Federal (CEF) informou hoje (16) que voltou a elevar os juros de financiamentos habitacionais contratados com recursos do Sistema B...
Conselho aumenta para 6% ao ano juros de financiamentos do BNDES
As empresas que contraírem empréstimos e financiamentos no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vão pagar juros maiores. O Co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions