A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

09/12/2014 14:01

Dilma veta reduzir alíquota de contribuição de patrões e domésticos

Juliana Andrade, da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff vetou integralmente o projeto de lei que prevê a redução da alíquota da contribuição previdenciária paga por patrões e empregados domésticos. A decisão foi publicada na edição de hoje (9) do Diário Oficial da União. Na mensagem encaminhada ao Legislativo, a presidenta diz que o texto foi vetado “por contrariedade ao interesse público”.

Veja Mais
MPF denuncia à Justiça servidores do INSS acusados de fraudar benefícios
Justiça manda INSS realizar perícia médica em 15 dias em seis cidades

O projeto de lei foi aprovado em caráter conclusivo na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara no dia 13 de novembro. Atualmente, a alíquota da contribuição previdenciária paga por patrões é 12% e a do empregado doméstico varia de 8% a 11%. Se a mudança entrasse em vigor, a alíquota seria reduzida para 6%, em ambos os casos.

Segundo a mensagem publicada nesta terça-feira no Diário Oficial, os ministérios da Previdência Social e da Fazenda manifestaram-se pelo veto. Um dos motivos é que a mudança teria impacto negativo de R$ 600 milhões por ano, “não condizente com o momento econômico atual”.

Além disso, segundo o Executivo, “o projeto de lei foi proposto anteriormente à promulgação da Emenda Constitucional nº 72, de 2 de abril de 2013, cuja regulamentação legal, de forma integral e mais adequada, encontra-se em tramitação no Congresso Nacional”.

MPF denuncia à Justiça servidores do INSS acusados de fraudar benefícios
Dois servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), sendo um ainda atuante no órgão e, outro, ex-servidor, se tornaram réus na justiça a p...
Justiça manda INSS realizar perícia médica em 15 dias em seis cidades
O INSS (Instituto Nacional do Seguro Nacional) de seis municípios de Mato Grosso do Sul terá que atender todos os pedidos de perícia médica pendentes...
INSS convoca 18 mil segurados em MS a apresentar "prova de vida"
Em Mato Grosso do Sul, 18 mil segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ainda não fizeram a comprovação de vida e renovação de senha, e...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions