A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

18/12/2015 14:43

Geração de emprego do setor de serviços cai e MS fecha 1900 vagas

Priscilla Peres
Indústrias foi o segundo setor que mais fechou vagas em novembro. (Foto: Fiems)Indústrias foi o segundo setor que mais fechou vagas em novembro. (Foto: Fiems)

Historicamente novembro não costuma ser um bom ano para a geração de empregos em Mato Grosso do Sul, mas no mês passado foram fechadas 1.949 postos de trabalho, 747 a mais que no mesmo período de 2014. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados hoje.

Veja Mais
Reinaldo diz que JBS vai gerar 9 mil empregos com incentivo de R$ 1 bi
Centrais sindicais se reúnem para discutir impacto da Lava-Jato sobre empregos

Revertendo as estatísticas dos últimos meses, o setor de Serviços teve uma alta queda em novembro, com fechamento de 669 vagas. A indústria de Transformação também contribuiu para o resultado negativo do mês, com a redução de 824 postos de trabalho, segundo o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

Mas os dois segmentos não foram os únicos com resultados negativos em novembro. A Agropecuária fechou 228 vagas, a Construção Civil 177 e a Extrativa Mineral 36. Apenas o Comércio abriu 8 novas vagas e a Administração Pública, uma.

Os dados do Caged ainda mostram que nos primeiros 11 meses do ano, houve redução de 4.474 postos de emprego. Na série com ajustes que leva em consideração os últimos 12 meses, a queda sobe para 15.718 vagas fechadas, isso por que dezembro é o mês com maior número de demissão, principalmente por causa do comércio.

Entre os municípios, Campo Grande teve a maior redução no mês, com fechamento de 570 vagas. Dourados é o segundo com -287, e Paranaíba com redução de 251 postos. Três Lagoas foi a cidade que mais gerou emprego, com 114 postos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions