A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

12/08/2015 18:23

Indústrias de alimentação demitiram 2 mil funcionários, afirma sindicato

Renata Volpe Haddad

Indústrias de alimentação situadas em Campo Grande, demitiram em 2015, mais de dois mil trabalhadores, segundo balanço do Stiaa/CG (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins de Campo Grande).

Veja Mais
Com novos frigoríficos a caminho, governo quer foco na avicultura
Falta de boi é problema crônico e mais frigoríficos devem fechar em MS

O número é aproximadamente duas vezes maior que as demissões registradas de janeiro a dezembro do ano passado, quando foram dispensados 1,2 mil trabalhadores. De acordo com o presidente do sindicato, Rinaldo Salomão, somente os frigoríficos demitiram 800 pessoas no primeiro semestre deste ano. "Há uma preocupação muito grande em relação a isso. Fábricas de sorvete, de ração animal, setor de bebidas, também demitiram muitos funcionários", explica.

Segundo ele, já foi solicitado reunião com outros sindicatos patronais para saber o que está acontecendo. "Vamos nos reunir amanhã (13) para poder saber os motivos que está ocasionando as demissões, pois são muitos funcionários inclusive alguns que trabalhavam há um tempo considerável", comenta.

De acordo com o Stiaa/CG, os números das demissões foram levantados 'um a um'. O presidente critica os empresários dos setores, por não cumprirem o acordo de não demitir os trabalhadores. "Os governos municipal e estadual precisam reavaliar os acordos com as indústrias que recebem incentivos fiscais e outros benefícios para se instalar na região, em troca de garantia de emprego para os trabalhadores, mas esse acordo está sendo quebrado", analisa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions