A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

19/06/2015 08:14

Inverno só começa no domingo, mas lojas já liquidam roupas de frio

Renata Volpe Haddad e Mariana Rodrigues
Inverno nem começou na Capital e lojas estão fazendo promoções de roupas de frio. (Foto: Marcelo Calazans)Inverno nem começou na Capital e lojas estão fazendo promoções de roupas de frio. (Foto: Marcelo Calazans)

Seguindo a tendência nacional de queda nas vendas e inverno pouco rigoroso, lojistas de Campo Grande estão liquidando o estoque de roupas de frio, com descontos de até 50%. Com os alimentos acontece o mesmo, os produtos que são geralmente consumidos no frio estão tendo pouca procura nos supermercados. 

Veja Mais
Movimento aumenta e lojas esperam vender 25% mais este ano
Para sobreviver no Centro, lojista abre uma hora antes e cria promoções

De acordo com a gerente Maria Aparecida Skell da loja Atitude, as vendas começaram a melhorar nesta semana e as promoções são para atrair os clientes. “Nós fazemos as promoções porque o inverno de Campo Grande é curto, são poucos dias, e o estoque que temos, já está exposto”, comenta.

É possível encontrar camiseta de manga longa a partir de R$ 14,99, jaqueta por R$ 49,90 e conjunto infantil de frio por R$ 19,99.

No Lojão do Povo, o estoque de apenas uma peça já precisou ser reposto e segundo o gerente Mayson Ponce Emiliano, o fornecedor está de sobreaviso. As promoções também já começaram e a expectativa de crescimento nas vendas é de 15%. “Até o começo de julho com certeza já batemos essa porcentagem”, explica.

Conjuntos infantis de moletom saem por R$ 18,99, calça de moletom a partir de R$ 14,99 e casacos para adultos, a partir de R$ 57.

Roupas de frio para crianças são encontradas a partir de R$ 7,99.(Foto: Marcelo Calazans)Roupas de frio para crianças são encontradas a partir de R$ 7,99.(Foto: Marcelo Calazans)
Vendas de produtos consumidos no inverno tem pouca procura. (Foto: Fernando Antunes)Vendas de produtos consumidos no inverno tem pouca procura. (Foto: Fernando Antunes)

Alimentos - Bebidas quentes, sopões e guloseimas, são os itens mais procurados nos supermercados, por apresentar fácil preparo, porém não tem tido saída. Consequentemente não houve aumento do estoque, e os produtos não receberam destaque nas prateleiras.

Segundo informações de Julio César Marangon, gerente de um supermercado da Rua Albert Sabin, na Capital, a procura por produtos de frio não tem atendido as expectativas. "Pode parecer engraçado, mas as vendas para o inverno não estão tão aquecidas neste ano", diz.

Ele conta que os produtos procurados são vinho e as verduras mais usadas no preparo de sopas, como batata, cenoura e beterraba."A procura é tímida, por isso não há previsão de aumentar o estoque, pois não sabemos se o frio vai prolongar", afirma. Com relação ao preço, ele diz que não teve aumento e nem retração, continua o mesmo.

Em outro mercado, na região da Vila Nasser, o gerente Wellington de Alencar, atribui as vendas fracas a falta de dinheiro do consumidor. Ele comenta que devido a procura razoável, os preços que são tabelados permanecem os mesmos. "O frio deste ano não está tão rigoroso e o consumidor está sem dinheiro, por isso as vendas estão fracas", finaliza.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions