A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

27/02/2015 15:34

MS elimina 1.270 empregos em janeiro, o pior resultado para o mês em 13 anos

Vanda Escalante

Janeiro terminou com saldo negativo no mercado de trabalho formal de Mato Grosso do Sul, registrando a eliminação de 1.270 empregos formais, o que representa uma queda de 0,25% no volume de trabalhadores com carteira assinada com relação ao mês anterior (dezembro de 2014). Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados hoje (27) pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

Veja Mais
Brasil tem o menor saldo na geração de emprego para janeiro em seis anos
Geração de empregos cai 89% e saldo de vagas em MS é o pior em 11 anos

De acordo com o relatório, o primeiro mês de 2015 apresentou oo pior resultado entre os meses de janeiro dos últimos 13 anos. Em janeiro de 2014, por exemplo, o saldo foi de 1.016 novos empregos.

Os setores de atividade econômica que mais contribuíram para o resultado negativo deste ano foram o Comércio (-960 postos) e a Construção Civil (-805 postos). No setor de Serviços o resultado negativo também foi expressivo (-270). No acumulado dos últimos 12 meses, o montante de empregos desativados atingiu a marca de -1.410 postos de trabalho, correspondendo a uma redução de 0,27 %.

em janeiro de 2015, apresentaram resultado positivo, com número de contratações superado o de demissões, apenas os setores da Indústria de transformação (315), Agropecuária (342) e de Serviços Industriais de Utilidade Pública (100).

Os resultados de Mato Grosso do Sul para o mês de janeiro seguem a tendência demonstrada no fechamento de 2014, quando o Estado apresentou redução de 89% no número de empregos gerados com relação ao ano anterior. Os números de Mato Grosso do Sul neste janeiro também se contrapõem ao resultado global da Região Centro-Oeste, que teve 1.208 novos postos de trabalho. Os municípios que mais eliminaram postos de trabalho formal em janeiro foram Campo Grande (-562), Três Lagoas (-522) e Dourados (-203).

Brasil tem o menor saldo na geração de emprego para janeiro em seis anos
O número de trabalhadores admitidos em janeiro foi menor do que o total de demissões, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (...
Pequena central hidrelétrica de MS receberá R$ 140 mi em investimentos
Mato Grosso do Sul vai receber R$ 140 milhões em investimentos de projetos de energia, que serão aplicados na PCH (Pequena Central Hidrelétrica) de A...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions