A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

19/11/2015 10:23

No Estado, 10 mil empresas possuem índice de alto crescimento

Caroline Maldonado
Setor de construção apresenta a maior proporção de empresas de alto crescimento (Foto: Arquivo)Setor de construção apresenta a maior proporção de empresas de alto crescimento (Foto: Arquivo)

Entre as empresas ativas com dez ou mais pessoas ocupadas em Mato Grosso do Sul, 10,5% fazem parte das classificadas como de alto crescimento. Elas estão nesse grupo porque aumentaram em pelo menos 20% ao ano o número de empregados, por um período de três anos consecutivos.

Veja Mais
Congresso mantém veto de Dilma a doações de empresas a campanhas
Imasul entrega 76 licenças ambientais para empresas investirem em MS

Os dados são da pesquisa de estatísticas de empreendedorismo, referente ao período de 2010 a 2013, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Mato Grosso do Sul fica em oitavo lugar na lista do volume referente as empresas de alto crescimento em cada Estado do país. Ao todo, são 10.436 empresas que entram nesse grupo em MS. Juntas, elas empregam 325.618 pessoas.

O primeiro Estado da lista é o Amazonas, com 12,7% das empresas classificadas como de alto crescimento. Em seguida, estão o Distrito federal, como 12,5% e Mato Grosso, com 12,2%. O Espírito Santo é o que tem menor parcela desse tipo de empresas, apenas 8,2%.

Com relação ao número de pessoal ocupado assalariado de unidades locais de empresas de alto crescimento, MS fica em quinto lugar, empatado com o Ceará. Nesses Estados, 20,4% dos trabalhadores estão nesse tipo de empresa. A primeira posição é ocupada pelo Amazonas, que tem 25,1% dos empregados nas empresas de alto crescimento e o segundo e o Mato Grosso, com 22,9%.

Brasil - Em todo país existiam 33.374 empresas de alto crescimento, em 2013. Elas representam 0,7% do total de empresas ativas na economia e 7,0% do total de empresas com dez ou mais pessoas ocupadas assalariadas.

Essas empresas apresentaram crescimento de 172,0% no pessoal ocupado e geraram 3,1 milhões de novos postos de trabalho, o equivalente a 42,0% das vagas criadas pelo conjunto de empresas ativas com ao menos uma pessoa ocupada assalariada e 91,9% dos postos gerados em empresas com dez ou mais pessoas assalariadas, conforme o IBGE.

A pesquisa aponta que o setor de construção apresenta a maior proporção de empresas de alto crescimento no total de empresas ativas com dez ou mais pessoas assalariadas, o equivalente a 10,5%. Apesar disso, em termos absolutos o maior número de empresas de alto crescimento está nos serviços, que tem 9.948 unidades.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions