A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Setembro de 2016

01/09/2016 10:42

Sindicato realiza assembleia para definir se bancários entram em greve

Renata Volpe Haddad

Após a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) recusar a proposta de reajuste salarial de 14,7% apresentada pelos bancários, uma assembleia marcada para hoje (1) às 18h com o sindicato, deve definir a paralisação das atividades ou não.

Veja Mais
Bancários fazem mobilização na Capital para reinvidicar reajuste salarial
Bancários fazem protesto amanhã sobre campanha anual de renegociação

A decisão é nacional, ou seja, se os sindicatos de todos os Estados decidirem pela greve, a paralisação das atividades inicia no dia 6 de setembro, próxima terça-feira. Serão dois dias de assembleia, a primeira marcada para esta quinta-feira e a outra, deve acontecer amanhã (2).

Conforme informações do Sindicato dos Bancários de MS, a Fenaban fez uma contraproposta oferecendo um reajuste de 6,5%, bem abaixo do que foi proposto. 

Além disso, a classe trabalhadora pede mais seguranças nos bancos que são alvo de assaltos constantes e mais estabilidade no emprego, sendo que em 2016, 7,5 mil bancários foram demitidos em todo o país.

No dia 16 de agosto, marcando o início da campanha nacional, bancários de Campo Grande percorreram agências informando demais trabalhadores da classe sobre as reivindicações. A minuta com a proposta dos bancários do reajuste salarial foi entregue à Fenaban no dia 9 de agosto e no dia 18, representantes se reuniram com a federação, que não aceitou o valor do proposto.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions