A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

17/05/2016 14:12

Indústrias de MS aderem a programa para destinação correta de produtos

Mariana Castelar
Edital de chamamento das empresas e apresentação do programa foi apresentado na manhã de terça-feira (17) (Foto: Assessoria Fiems)Edital de chamamento das empresas e apresentação do programa foi apresentado na manhã de terça-feira (17) (Foto: Assessoria Fiems)

Indústrias ligadas a 11 sindicatos de Mato Grosso do Sul assinaram nesta terça-feira (17) o termo de compromisso do PSLR (Programa Senai de Logística Reversa), que obra que as empresas deem uma destinação final aos seus resíduos. Elas terão 120 dias para fazer a adesão e mais um ano para apresentar um projeto sobre o programa.

Veja Mais
Protesto contra impeachment esvazia, mas segue para frente da Fiems
Servidores do Estado terão desconto de 20% em cursos oferecidos pelo Senai

De acordo com o diretor regional do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), Jesner Marcos Escandolhero, a apresentação do programa lançado hoje é explicar a função de cada etapa do processo aos empresários.

“A empresa não pode ver isso como uma penalidade. Hoje temos estatísticas que o processo de reciclagem em si é ainda um processo caro, que carece de novas tecnologias que devem ser pesquisadas e apontando novas formas de reintrodução desses produtos para o setor produtivo", afirma.

Jesner ainda conta que o último levantamento, em torno de 2013, mostrava que apenas 27% daquilo que poderia ser reciclado, é de fato dada uma destinação, e o percentual é  concentrado nas tecnologias onde já acontece, como o alumínio,a celulose, o papel, mas ainda há um mercado muito aberto. "Após a assinatura, é preciso identificar o que cada setor descarta e o que pode ser feito para reutiliza o que será descartado".

De acordo com o secretário do Semade (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico) Jaime Verruck, o pontapé inicial foi dado com a assinatura de alguns sincantos, mas ainda há muito o que fazer.

“Quando se fala em destinação é preciso pensar no local, e há uma série de resíduos que o Estado ainda não tem aterros industriais para receber, como é o caso da parte do material eletrônico, por exemplo", explica. Com o programa, as empresas vão ter que informar qual a destinação será dada a este material e cabe ao Estado, definir onde será este lugar.

"Por isso precisamos licenciar aterros sanitários especializados em tratar deste material. Há aterros privados que vão se adaptar, como é o caso  de Dourados , que já pediu licenciamento para se adaptar aos resíduos industriais e. Aterros em Dourados há que não temos este espaço”.

Os materiais que estão incluso nesse programa, ou seja, que deve se pensar a destinação são os agrotóxicos, pilhas e baterias, pneus, óleos lubrificantes (resíduos e embalagens), lâmpadas fluorescentes, produtos eletroeletrônicos, além de procutos e embalagens que geram impacto ao meio ambiente e risco à saúde.

Instalação de novas empresas no Estado - Por conta da política de incentivo fiscais do Estado, o secretário Jaime Verruck informou que na segunda-feira (16) foi assinado o contrato com três empresas que irão se instalar no interior de Mato Grosso do Sul. Cada uma deve gerar entre 600 e 700 vagas de trabalho.

“Em Três Lagoas haverá a instalação da Clean, que trabalhará com um novo segmento, e a Pé com Pé. Já em Paranaíba foi assinado a instalação de outra empresa de calçados, a Classe Pé

Protesto contra impeachment esvazia, mas segue para frente da Fiems
O grupo de sem-terras que bloqueou trecho da BR-267 na manhã de hoje, em protesto contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT),...
Servidores do Estado terão desconto de 20% em cursos oferecidos pelo Senai
Servidores públicos estaduais vão ter descontos de 20% nos cursos de capacitação oferecidos pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial)....
Senai oferta 10 mil vagas em 124 cursos gratuitos no Estado
O Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) oferece 10,2 mil vagas gratuitas no Estado, distribuídas em 124 cursos de qualificação e nível ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions