A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

17/04/2015 11:13

Parque recebe R$ 3,9 milhões para se tornar centro de visitação ambiental

Liana Feitosa e Leonardo Rocha
A área, de 177,8 hectares, fica na região norte de Campo Grande, no bairro jardim Presidente. (Foto: Marcelo Calazans)A área, de 177,8 hectares, fica na região norte de Campo Grande, no bairro jardim Presidente. (Foto: Marcelo Calazans)

Foi aberto ao público o centro de atendimento do Parque Estadual Matas do Segredo, área remanescente do Cerrado e das nascentes do Córrego Segredo. Inaugurado por autoridades na manhã desta sexta-feira (17), até então o espaço era utilizado apenas pela PMA (Polícia Militar Ambiental) nas atividades do projeto Florestinha.

A área, de 177,8 hectares, fica na região norte de Campo Grande, no Jardim Presidente e, agora, também se torna centro de visitação, onde turistas poderão encontrar aves silvestres, pequenos mamíferos, répteis e árvores centenárias, além de trilhas ecológicas e mirante.

Investimento - Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Estado, Jaime Verruck, foram investidos R$ 3,9 milhões no parque graças à parceria do governo estadual com a empresa de celulose Eldorado Brasil.

"O recurso correspondente à compensação ambiental da empresa foi investido no parque, que foram 980 metros quadrados de construção. São duas salas de aula, um auditório, alojamento para a PMA, cozinha, quadra de esportes, 1.400 metros de muro e 2 mil metros de cerca", detalha Verruck.

De acordo com o comandante da PMA, coronel Carlos Matoso, antes do projeto Florestinha utilizar o local, a área era invadida por crianças e moradores da região para lazer, mas também acabavam ateando fogo na mata e até caçavam passarinhos.

As pessoas vão poder conhecer o bioma do Cerrado e, com esse novo espaço, haverá uma melhor estrutura para receber turistas, disse o governador. (Foto: Marcelo Calazans)"As pessoas vão poder conhecer o bioma do Cerrado e, com esse novo espaço, haverá uma melhor estrutura para receber turistas", disse o governador. (Foto: Marcelo Calazans)

Florestinha - "Em 1992, o cabo Valdir da Mota, da PMA, resolveu fazer um projeto no local, trazendo essas crianças para desenvolver educação ambiental", explica o comandante.

Em 1993, a área foi considerada jardim botânico e recebeu título de parque estadual em 2000. "Então conseguiram parceria com a prefeitura de Campo Grande e puderam ampliar o Florestinha, que ganhou reforço escolar, aulas de consciência ambiental e capacitação, além de acompanhamento das notas dos alunos", diz Matoso.

O projeto deu tão certo que foi levado, também, para outras cidades do Estado, como Três Lagoas, Aquidauana e Corumbá, chegando a atender 500 crianças por ano.

Agora, o parque Matas do Segredo será usado como ponto turístico e de visitação. Segundo Verruck, o local receberá ações de esporte e, também, terá a participação da Funtrab (Fundação do Trabalho) em projetos de capacitação. "Agora, a comunidade vai poder usar essa unidade de conservação", completa.

O governador Reinaldo Azambuja aproveitou a oportunidade e plantou uma muda de Pindó. (Foto: Marcelo Calazans)O governador Reinaldo Azambuja aproveitou a oportunidade e plantou uma muda de Pindó. (Foto: Marcelo Calazans)

Estado - O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), reforçou a ideia mencionada por Verruck. Segundo ele, o parque será usado para ações não só na área de educação, mas também esporte e trabalho.

"As pessoas vão poder conhecer o bioma do Cerrado e, com esse novo espaço, haverá uma melhor estrutura para receber turistas. O objetivo é trazer jovens e crianças para esse ambiente sadio", disse. O governador aproveitou a oportunidade e plantou uma muda de Pindó.

Durante a solenidade de inauguração, foram assinados dois termos de cooperação, um com a PMA, para o projeto Florestinha, e outro com a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), para ações de conservação ambiental.

Capital - O prefeito Gilmar Olarte (PP) afirmou que a prefeitura vai ampliar a parceria com o parque no valor de R$ 92 mil. "Queremos que o projeto siga em frente e mais jovens possam ser educados e ter sucesso no mercado de trabalho", pontuou.

A área já está aberto ao público, mas quem quiser visitar, deve ir até o local e agendar horário. Só é permitida visitação com acompanhamento de guia, já que é uma área de reserva.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions