A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

17/12/2015 21:00

Controle de estabilidade em veículos passa a ser obrigatório a partir de 2020

Márcio Martins
Controle de estabilidade em veículos passa a ser obrigatório a partir de 2020

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou nesta quarta-feira (16), a obrigatoriedade do controle de estabilidade (ESP ou ESC) para 2020. A medida já foi aprovada, mas deverá ser publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (18).

Veja Mais
Telemetria – das pistas para o seu carro
Ford apresenta o Mustang Black Shadow E Blue Edition para A Europa

Segundo o Contran a lei será aplicada em duas fases, a primeira, em 2020, será aplicada para modelos novos ou que passaram por grandes mudanças com homologação feita após a data de publicação da resolução pelo Contran. Já a segunda, que entrará em vigor em 2022, afetará todos os modelos zero quilômetro comercializados no país, mesmo que tenham sido lançados antes de 2020.

A Anfavea, associação que reúne as montadoras, emitiu uma nota dizendo que “concorda com os prazos estabelecidos pelo Contran para a implantação gradativa do controle de estabilidade nos veículos leves produzidos no Brasil. Este período é necessário para que as engenharias dos fabricantes possam adequar os projetos de veículos para receber o sistema”.

Como funciona o ESC/ESP

O controle eletrônico de estabilidade (indicado pelas siglas citadas acima) é um sistema que evita que o carro saia de sua trajetória original, intervindo na rotação do motor ou nos freios. Na prática, isso quer dizer que se o motorista entrar em uma curva com velocidade desproporcional, o sistema detecta a perda de aderência e freia o carro para fazê-lo retomar o traçado correto, evitanto sobresterços (saídas de traseira) ou até mesmo subesterços de dianteira.
Trata-se de um recurso de segurança extremamente importante em pisos de baixa aderência, como paralelepípedo em dias chuvosos, por exemplo.

O mesmo serve para pisos com baixa aderência. Ao menor sinal de que o carro irá derrapar, o ESC pode reduzir a rotação do motor e frear as rodas que estão perdendo contato com o solo.

Atualmente, o carro mais em conta com controle de estabilidade é o Ford Ka 1.0 SEL, que custa R$ 47.590. Mas esse item começa mesmo a aparecer em carros na faixa dos R$ 70 mil, como Jeep Renegade, que traz ESP desde a versão de entrada, que parte de R$ 71.900. O item de segurança está presente em apenas 5% a 10% dos veículos vendidos no país.

 

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.