A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

26/01/2013 10:02

Novo Gol e Voyage com motor 1.6 passam a ter freios ABS e airbags

Sistema de freios antibloqueio e Airbags aumenta a segurança do modelo

Márcio Martins
DivulgaçãoDivulgação

O Novo Gol, carro mais vendido no Brasil há 26 anos consecutivos, passa a contar a partir deste mês, com freios ABS e airbags frontais de série em todas as versões com motor 1.6. Assim como o Novo Gol, todas as configurações 1.6 do Novo Voyage também vão trazer estes dois importantes sistemas de segurança como equipamentos de série. Lembrando que o sistema de airbags frontais inclui a utilização de cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador e limitador de carga, o que aumenta ainda mais a segurança passiva dos ocupantes dos bancos dianteiros. As novidades já começaram a chegar às mais de 620 concessionárias da marca.

Veja Mais
Telemetria – das pistas para o seu carro
Ford apresenta o Mustang Black Shadow E Blue Edition para A Europa

"A segurança é prioridade no desenvolvimento dos veículos Volkswagen. Os sistemas de Air Bag e ABS utilizados em nossos produtos são de ultima geração, do mesmo nível utlizado nos veículos mais modernos do grupo Volkswagen na Europa. Isto reforça o nosso compromisso de oferecermos produtos sempre atualizados e com a mais alta tecnologia", afirma Dr. Egon Feichter, vice-presidente de Desenvolvimento de Produto da Volkswagen do Brasil.

Novo Gol e Voyage com motor 1.6 passam a ter freios ABS e airbags

Com a introdução dos airbags frontais e dos freios ABS de série para o Novo Gol e o Novo Voyage equipados com motor 1.6, a Volkswagen passa a ter, a partir deste mês, mais de 60% de sua linha de veículos equipada com esses importantes dispositivos de segurança, conforme previsto pelas resoluções 311/2009 e 312/2009 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Essas resoluções determinam que em 2014 todos os automóveis de passageiros vendidos no Brasil deverão contar com freios ABS e airbags frontais de série.

A implantação nos modelos já existentes é gradual e, a partir de 2013, deve incluir 60% dos veículos de cada fabricante.

ABS: mais segurança ativa

O sistema de freios antibloqueio evita que uma ou mais rodas do carro sejam bloqueadas durante a frenagem do veículo, mesmo em pisos molhados ou em pisos com diferentes coeficientes de atrito entre os lados do veículo. Desta forma, mesmo em frenagens de emergência , o veículo mantém a trajetória, possibilitando ao motorista fazer manobras de desvio capazes, muitas vezes, de evitar colisões graves.

Em condições de chuva com piso escorregadio o ABS reduz consideravelmente a distância necessária para parar o carro, comparado ao sistema de freios tradicional.

Novo Gol e Voyage com motor 1.6 passam a ter freios ABS e airbags

Airbags: mais segurança passiva

Os airbags podem salvar vidas ou reduzir a gravidade dos ferimentos do motorista e do passageiro da frente em caso de colisões frontais. As bolsas de ar são infladas em frações de segundo por sensores capazes de avaliar a intensidade de uma batida, amortecendo o choque do corpo dos ocupantes contra o volante ou o painel do carro.

É importante lembrar que o airbag não substitui o cinto de segurança, que sempre devem ser utilizados. Em uma colisão, além de evitar que os usuários do carro sejam arremessados para fora, o cinto mantém os passageiros em seus lugares, fazendo com que a ação dos airbags seja mais efetiva.




Sabe que os comentários do Alexandre tem fundamentos, alem de tudo do que ele disse, eu gostaria de saber o porque os veículos brasileiros (populares)são mais caros que os importados? Espero resposta, pois eu estou muito indignada com os autos faturamentos das fabricas brasileiras, será que não pensam nos baixos salários dos brasileiros, digo, aqueles que trabalham.
 
ANA CONCEIÇÃO em 22/08/2013 08:35:23
Bom os carros populares brasileiros das marcas Fiat, Chevrolet, Volkswagen, e as de muito tempo com fábricas aqui no brasil, sempre foram "olhos gordos" com os autos preços em seus carros e e para nao falar outras coisas "Desatentas" a segurança de seus clientes.
Só vejo algumas marcas que não fazem isso com seus clientes, tem populares até de um alto nível, carros de alta segurança, conforto entre outros e somente um pouco mais carros que os demais.
portanto, o brasileiro prefere pagar barato para se ter prejuizo lá na frente após os seus três anos de uso ou até com baixas quilometragens ja obtiverem problemas.
 
Rafael Miola em 03/07/2013 14:27:15
Quase me emocionei ... com o Dr. Egon Feichter, vice-presidente de Desenvolvimento de Produto da Volkswagen do Brasil , preocupado com a nossa segurança !!! ele vai colocar de serie airbag e abs pq ele é bomzinho !! ... o caramba..., só vai colocar esses itens devido aos carros brasileiros terem reprovados nos testes de segurança, e agora foram OBRIGADOS a equipar os carros novos a partir de 2013 com estes itens de série....
 
Tiago Marcelo em 09/02/2013 09:44:02
na verdade, ano que vem isso vai ser obrigatório ate para os 1.0, vai ser o adeus a Kombi, Uno mille e o classic.
 
Rafael Oliveira em 28/01/2013 21:44:10
Dr. Egon Feichter, vice-presidente de Desenvolvimento de Produto da Volkswagen do Brasil afirma que a segurança é prioridade no desenvolvimento dos veículos Volkswagen. Então porque os mesmos veículos produzidos na Europa são mais equipados e mais baratos que o nacionais sem nada? Na europa as concessionárias tem margem de lucro de 3% e os funcionários desde o desenho até a venda tem salários maiores que os brasileiros. Proque os carros daqui são mais caros? Só pode ser lucro superfaturados, sei que as concessionárias nacionais praticam médias de 30% de lucro e isso é roubo! Melhor fazer como no EUA comprar um usado completão maior,mais seguro e melhor por menos.
 
Alexandre de Souza em 28/01/2013 18:42:53
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.