A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/10/2009 14:51

Associação defende professores em ação contra promoções

Redação

A Adufms (Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) pediu à 4ª Vara Federal de Campo Grande para atuar como assistente litisconsorcial na ação civil pública movida pelo MPF (Ministério Público Federal). O órgão pede a anulação de centenas de promoções de docentes da instituição.

Segundo o presidente da entidade, Paulo Roberto Haidamus de Oliveira Bastos, se as progressões funcionais forem anuladas, os docentes serão condenados a devolver o valor pago indevidamente aos cofres públicos.

Para a Bastos, a ação poderá causar consequências desastrosas para a carreira dos professores universitários. A ação tramita na Justiça Federal há quatro anos, desde fevereiro de 2005.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions