A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

05/01/2014 09:15

Após matar mulher a tiros, homem liga para cunhado e diz “o próximo é você”

Bruno Chaves e Graziela Rezende
Acusado de ser o autor dos disparos, Júlio César Martins Ferreira está foragido (Foto: Divulgação)Acusado de ser o autor dos disparos, Júlio César Martins Ferreira está foragido (Foto: Divulgação)
Vítima foi executada enquanto dirigia um Chevrolet Corsa (Foto: Cleber Gellio)Vítima foi executada enquanto dirigia um Chevrolet Corsa (Foto: Cleber Gellio)

Depois de atirar três vezes contra a ex-mulher no cruzamento das avenidas Manoel da Costa Lima e Bandeiras, em Campo Grande, Júlio César Martins Ferreira, 38 anos, ligou para o ex-cunhado, irmão da vítima, e ameaçou: “cuidado, o próximo é você”.

A ex-esposa de Júlio César, Dayane Silvestre Uliana, 26, foi morta com três tiros na cabeça por volta de 18h30 de ontem (4). Ela dirigia um Chevrolet Corsa quando foi surpreendida pelo ex-marido. A vítima foi socorrida e encaminhada para o Posto de Saúde do Bairro Guanandi, mas não resistiu aos ferimentos. Ela deixa um filho de um ano e dois meses.

Segundo o delegado Carlos Delano, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, que atendeu o caso, a polícia identificou o autor dos disparos porque uma testemunha que presenciou a execução anotou a placa da moto de Júlio.

Após verificação, os policiais descobriram que o documento do veículo estava em nome da vítima e que o autor era ex-marido dela.

Os familiares de Dayane contaram à polícia que Júlio César tem um histórico de ameaças e violência doméstica contra a mulher. Entretanto, ela nunca procurou a Polícia Civil para registrar uma ocorrência.

O único boletim de ocorrências registrado contra Júlio César foi feito pelo pai de Dayane em novembro de 2012. Na época, o autor da execução foi ao hospital em que a vítima tinha dado a luz ao filho do casal para forçá-la a reatar o relacionamento.

Ameaça – Ainda de acordo com o delegado, após atirar contra Dayane, Júlio César entrou com contato com o irmão da vítima perguntando como ela estava. Após questionar o estado de saúde dela, o ex-marido avisou: “cuidado, o próximo é você”.

No local do crime a polícia recolheu projéteis que foram encaminhados para a perícia. Por enquanto, os policiais trabalham com a hipótese de três disparos de arma de fogo. Mas só a perícia irá confirmar quantos tiros foram dados.

Durante toda a noite, policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Depac Piratininga fizeram diligências para encontrar Júlio César. Ele continua foragido e as buscas continuam neste domingo.

Ex-namorado é suspeito de executar mulher no trânsito
A mulher, vítima de três tiros na cabeça, enquanto conduzia Corsa prata, na Avenida Manoel da Costa e Lima, próximo à Escola Adair de Oliveira, em Ca...
Motociclista para do lado de Corsa e dá três tiros na cabeça de mulher
Em um cruzamento na Avenida Manoel da Costa e Lima, próximo à Escola Adair de Oliveira, em Campo Grande, um motociclista parou do lado de um Corsa pr...


Essa frescura de lei maria da penha é so uma promoção de comunista, porque na prática, muitas vezes, espancam maridos acusados levianamente, inclusive com tortura com água congelada no inverno (ALÔ, POLÍCIA MILICIANA DE MATO GROSSO DO SUL!!!) enquanto os VERDADEIROS PSICOPATAS são tratados como "CAVALHEIROS" pela polícia sem testosterona que os libera para fazer isso que aconteceu. "Quems" deram liberdade para esse satânico deve pagar pela mesma pena que ele merece. Quem faz ameaça sem parar, só pode ter direito a viver num presídio psiquiátrico.
 
Cristiano Arruda em 06/01/2014 11:37:29
Uns criticam a policia outros à família. Ninguém lembra que é dever do Estado a manutenção dessas e tantas outras coisas? Não temos educação, não temos justiça, como podemos ter qualquer outra coisa? Sinceramente...
 
Higor Rocha em 06/01/2014 10:35:43
Esse é o preço que se pagam por deixarem se envolver com tais cacarecos bem mais velhos...
 
Sandra Wanzenbock em 06/01/2014 09:21:40
Lamentável, um homem matar uma mulher. Pior é a polícia que não faz nada. O pai da vítima já havia denunciado o matador. Esse cara já devia ter sido chamado na delegacia e encaminhado imediatamente a um psicólogo, pelo menos. Na polícia, ele deveria ser aconselhado a rever suas atitudes e advertido que estaria a partir daquele momento catalogado como "marido problema", sob pena de tratamento diferenciado em caso de reincidência. O psicólogo poderia ajudar o cara a mudar suas atitudes. Como não foi feito isso, o cara virou um assassino, estragou sua vida e de sua família e a polícia continua sem serventia alguma.
 
geraldo magenta em 06/01/2014 09:14:13
Quando este tipo de gente pegar prisão perpétua a coisa muda no Brasil, ou pelo menos não fica esta sensação de impunidade horrível!
 
Antonio Sergio em 05/01/2014 21:58:18
É o amor!!! Que mexe com a minha cabeça e me deixa assim!!!
A Monogamia cria esse tipo de doença. Essa crença de que devemos nascer, crescer, casar, ter filhos e morrer ao lado da mesma pessoa é uma utopia que nos é incentivada o tempo todo. Mas é preciso entender que todos estamos sujeitos a nos relacionar e fracassar, e que se isso ocorrer podemos começar do zero com outra pessoa, pq tudo acaba, amor eterno só nas musicas do Luan Santana. Raul Já dizia que ninguém é feliz nesse mundo tendo amado outra vez. Ouçam (a maçã) e (medo da chuva) e libertem-se!!!
 
Gabriel Moreira em 05/01/2014 18:40:17
Muito macho né ?
 
Gregorio machado em 05/01/2014 18:11:56
Tomara que pegue esse assassino antes de cometer outro homicídio, psicopata, estamos indignados muito triste, lamentável, sinto muito por essa família. Ela tinha voltado a trabalhar, dois dias apenas, o crime ocorreu na saída do serviço. Força muita força para essa família!
 
Tatiana Ceuta em 05/01/2014 17:57:01
A garota uma gata e o assassino um bicho velho feio que doiiiii....Covarde, como pode tirar a vida daquela gata...
Se o pai da vítima fez um BO em Nov/2012, o que a polícia fez???? esperou o que já era esperado pela família da jovem??? ou seja que a garota fosse BARBARAMENTE ASSASSINADA???? Fracamente!!!!
 
Juan Charlymoon em 05/01/2014 15:34:45
O problema maior é que muito das vezes a denuncia não adianta de nada...A policia geralmente não atua e quando atua falta provas ou vontade de se fazer alguma coisa...É só olhar a índice desde que a lei Maria da Penha foi regulamentada, os homicídios não diminuíram e com isso os agressores sentem-se livres para continuar agindo...É uma pena, mas, covarde existem em todos os lugares e muito das vezes por culpa nossa mesmo da sociedade...Isso mias é um ato covarde e monstruoso contra a mulher...
 
Marivaldo Ramos em 05/01/2014 15:04:54
Aconteceu comigo ,a minha namorou um cara , ela separou dele ai começou as ameças q ia matar um dos irmao para si vingar dela,quando ele foi onde meu irmao trabalha e deu dois tiros no meu irmao ,ele ficou dois mes no cti da santa casa e vei a obito,ele foi preso foi juri popular por falta de testemunha ele foi absolvido 4 a 3 ,no brasil assim mata nao da nada,ainda estou ameaçado de morte por ele ainda ,nao vou a policia nao adianta
 
claudemir siqueira em 05/01/2014 14:59:10
Depois que a polícia o pegar será que ele vai continuar com toda esta valentia de querer tirar a vida das pessoas ?já que prometeu tirar a do cunhado também?
 
Antonio Costa em 05/01/2014 14:42:27
O dia que um infeliz como este tentar cruzar o caminho de minha família, MORRE! Infelizmente os familiares da vítima são culpados também, pois pelo jeito esta menina já havia sofrido violência antes. Temos que cortar o mal pela raiz. Infelizmente, neste país de corruptos, criminosos e inconsequentes, esperamos PRIMEIRO acontecer para tentar, QUEM SABE, TALVEZ TOMARMOS PROVIDÊNCIAS.
 
José Fernandes de Moura em 05/01/2014 14:40:46
Por serem mais frágeis, as mulheres precisam ser mais analíticas no início das relações. Ao notar qualquer indício de ciúme ou posse excessivo é preciso cortar a relação o quanto antes. E não ''confundir'' com ''amor''. Caras assim não podem ter relação, têm que viver isolados.
 
Thiago Souza em 05/01/2014 12:22:12
Sujeito covarde!!! cadeia e pouco pra esse pilantra monstro.
 
Carlos Souza em 05/01/2014 09:46:23
COVARDE, não tem outro adjetivo, COVARDE, COVARDE, COVARDE, tem que ser preso o mais rápido possível esse canalha.
 
Douglas Ruiz em 05/01/2014 09:43:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions